"Papo Reto" - Que curso fazer na faculdade?



Eu fiquei pensando aqui comigo em algo que eu poderia escrever e que não fosse apenas um post, eu queria algo que realmente ajudasse as pessoas, nem que fossem com algo tão simples como meras palavras. Uma coisa que vi que as pessoas gostaram foi às dicas que dei para apresentação de tcc, então, decidi voltar no tempo e escrever um pouco sobre: que curso fazer na faculdade?


Se você desde que se entende por “gente” sabe que tem aptidão para uma área e já sabe o que fazer quando chega esse período da vida, bem aquele período em que percebemos que as brincadeiras ficam de lado e a vida começa dá uma guinada de 360° graus, meus parabéns! Pois tenho certeza que você faz parte de uma minoria privilegiada.

Eu não me incluo neste grupo. Quando cheguei aos 17 e tive que decidir o que cursar na faculdade eu meio que pirei. Fiquei totalmente perdida, não sabia o que fazer. Tem gente que canta bem por tanto já sabe que vai fazer música ou coisa do tipo. Tem gente que tem algum parente médico e por isso já se identifica e decide fazer medicina também. Eu tinha uma irmã pedagoga e um irmão administrador mais sinceramente não era o que eu queria pra mim, e o pior, eu não sabia bem definido o que escolher. Só tinha em mente que queria um curso na área de humanas já que matemática, ou melhor, física, não era minha praia.

Então, na hora do vestibular, escolhi um curso ainda novo na universidade. Confesso, agora, que não procurei saber muito sobre ele, nem sabia bem como era o mercado de trabalho, foi meio que um teste, - Vou fazer pra ver no que é que dá. O resultado? Aprovada!

Fui pra universidade com anseios, dúvidas e muitas expectativas. Era um “mundo” novo e passado quatro anos pude agregar bastantes conhecimentos e ainda mais questionamentos.


Fazendo um balanço agora, eu digo com a mais absoluta certeza, não me arrependo de ter feito o curso que fiz (por mais que as pessoas não conheçam e que o mercado de trabalho não seja tão promissor). Foi uma experiência única em minha vida e faria tudo novamente. Arrependimentos? Só de não ter extraído o máximo dos professores e dos conteúdos, de não ter aprendido mais.

Por isso, você leitor, se estiver com dúvidas em que caminho seguir e achar que é muito cedo pra decidir, deixe essa decisão pra mais tarde ou então, procure um curso que você pode achar que vai gostar (você pode se surpreender ainda mais) e se não der certo, é só deixá-lo. Não tenha medo de “perder” uns anos de sua vida. Tenha certeza que mesmo que você curse um ou dois períodos, por exemplo, e acabe trancando a faculdade, você vai ter retido algum conhecimento, que servirá em algum momento da sua vida.     

Outra coisa, se você está confuso e não tem “nada” pelo qual você se interesse. Antes de fazer o Enem, tente saber o que você gosta e principalmente que NÃO gosta. Ou seja, se você se dá super bem em matemática mais acha que não seria um bom professor dando aulas, procure um curso na área tecnológica, ao invés da licenciatura. Uma coisa importante também é saber como anda o mercado de trabalho para aquela área, não falo nem tanto pelo salário (apesar de ser super importante) mais do que isso, como anda as ofertas de empregos? Tem muitas vagas? Esses seriam os primeiros pontos que eu faria hoje, antes de escolher um novo curso para cursar.

E se você já sabe o que fazer mais tem medo de fazer porque muitos o criticam por escolher determinado curso e acham que você tá perdendo tempo... Lembrem-se, quem faz o profissional é você. Tente ser o melhor que você pode ser e sinta prazer pelo que faz. Explore o máximo que puder nas ramificações que sua área permite transitar.   

Enfim, acho muito complicado escolhermos a “profissão” pra nossa vida num momento em que ao meu ver, ainda não sabemos nem quem somos. Por isso, vocês que estão neste momento: reflitam e tenham em mente que nunca é tarde para seguir novos rumos, façam aquilo que gostem, pesquisem um pouco, tire dúvidas. Às vezes você quer seguir um caminho e a ‘vida’ te mostra outro, por tanto, não se apressem e nem se culpem por não cursar um curso que seus pais querem ou até mesmo por não cursar uma faculdade.

A vida é cheia de oportunidades basta apenas estarmos atentas a elas!


Aqui vocês podem saber sobre as diferenças do ensino técnico, tecnológico ou bacharelado e quem quiser conversar comigo ou tirar alguma dúvida é só entrar em contato com algum dos endereços de contato do blog.  



Até a próxima!

2 comentários :

  1. Desde criança eu dizia que ia fazer medicina. Isso era algo que estava bem definido na minha cabeça (pelo menos, na minha cabeça de criança, hehe). mas conforme os anos passaram a coisa mudou. Quando chegou a hora de escolher um curso, optei por Administração de Empresas. E não gostei. Fiz 1 ano, cheguei a estagiar, mas saí da faculdade. Anos mais tarde acabei me formando como professora de inglês, que eu amo, e agora estou prestes a me formar como cientista da computação - outra coisa que eu amo.

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen,

      pra você ver como a gente muda com o passar do tempo. Eu fiz um curso que é bacharelado e vou correr atrás da minha pós agora. Teve uma época em que pensei fazer letras- español mais isso foi mais porque eu gosto do idioma do que propriamente de ensinar e essas coisas...kkk
      Acho que num futuro eu possa fazer esse curso, mais por enquanto quero me direcionar mais na área de gestão da saúde.
      Espero que saia tudo certo. rs

      E boa sorte nessa etapa de sua vida, eu não me imaginaria sendo cientista da computação (se bem que eu não sei bem o que o curso oferece...kkk) me vem logo na cabeça uma ruma de números e códigos que já fico louca só de pensar. kkk

      Beijos

      Excluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.