O Vento me disse... #73 - A Outra: Duas irmãs. Uma troca - Juliana Dantas


A Outra
Autora: Juliana Dantas
N° de páginas: 400
Editora: Amazon
Ano: 2018
Skoob: Aqui
Compre: Aqui
A tímida e insegura Melissa Blake, passou a infância e adolescência como filha única, se mudando de cidade em cidade com uma avoada mãe que vivia a caça da próxima aventura. Adulta, se mudou para Nova York para fazer faculdade e gostava de escrever apenas para si, enquanto suportava um emprego chato como secretária numa pequena editora tendo encontros mornos com caras desinteressantes, sempre sonhando que um deles iria arrebatar seu coração e colocar em sua mão um lindo anel para depois terem lindos bebês e serem felizes para sempre.Há três anos, Melissa viu sua vida mudar inesperadamente ao se tornar Mel Blake, uma das escritoras mais badaladas da atualidade. E agora, aos vinte e oito, Mel é uma jovem mulher muito rica, dona de um espaçoso apartamento no Upper East Side e com mais dinheiro do que poderia gastar, afinal, continuava sendo uma garota simples que odiava ser o centro das atenções e que trocaria tudo por uma família para amar.Porém, às vezes, a vida toma um rumo totalmente extraordinário sem que possamos prever ou evitar. Sua mãe é acometida por uma grave doença e com a proximidade da morte, confessa a Mel algo que mudará tudo para sempre: A existência de sua irmã gêmea, Melanie.Surpreendida, Mel se encontra com a irmã descobrindo que, apesar de idênticas na aparência, não poderiam ter histórias mais diferentes. Vivendo uma existência simples em uma pequena cidade com seu marido e filhos, Melanie vê o chamado de Melissa como uma oportunidade para fugir de uma situação na qual se sente presa e infeliz. E se surpreende quando descobre que sua irmã é rica e famosa, tudo o que sempre sonhou para si. E mais: sua vida simples e bucólica é algo tão almejado por Mel.Seduzidas, uma pelo glamour e a outra pela simplicidade, as gêmeas entrarão num jogo de troca de identidade tão perigoso quanto tentador.
   É quase uma verdade universal que quando vemos alguma história que envolve troca de personagens gêmeas fazemos logo uma comparação com o melodrama de Salvador Mejia Alejandre de 1998, A Usurpadora. No entanto, tenho que adiantar que apesar das comparações, a trama é totalmente diferente do drama mexicano que alavancou a carreira da atriz Gabriela Spanic.

   Em A Outa: Duas irmãs. Uma troca, trama da escritora brasileira Juliana Dantas que foi publicada no site da Amazon, vamos conhecer a história das irmãs Melissa e Melanie, duas mulheres que possuem aparências iguais mais que são completamente diferentes na maneira de viver e agir.
Elas não sabiam da existência uma da outra até que a mãe delas, antes de morrer, acabou revelando para Melissa que ela tinha uma irmã gêmea que morava com o seu pai – confesso que nesse momento foi impossível não lembrar da mãe da Paulina morrendo na novela. Melissa, que mora em Nova York, procura e encontra Melanie morando em Washington e pede para que a mesma venha até ela. Assim, as duas se encontram e logo percebem que ao tempo em que possuem os mesmos olhos acinzentados e os cabelos castanhos, elas são bem opostas em termo de personalidades.

   Melissa é tímida e solitária e sempre sonhou em ter uma família, marido, filhos... apesar disso na área profissional ela começou a ter uma carreira de sucesso como escritora. Enquanto isso, Melanie se viu ‘obrigada’ a casar logo cedo com Connor, chegando aos seus 28 anos atuais com três filhos (Olivia de 9 anos, Mandy de 4 anos e Anthony de 5 meses) e uma vida que ela nunca quis ter. A verdade é que Melanie  nunca teve o instinto de ser mãe e só seguiu com sua vida pacata pelas circunstancias da vida, o que ela almejava mesmo era viver uma vida de emoções e de riquezas. Parecia que elas viviam a vida que a outra desejava ter e por esses motivos e outros que não vou me ater, elas acabam trocando de lugar e assim acompanharemos Melissa na casa dos Carter, lutando para mostrar que a ‘Melanie’ atual mudou, que ela ama seus filhos e está disposta à dar uma segunda chance ao seu casamento, mesmo que isso custe o seu coração.
-Eu gostei. Mas gostaria de você de qualquer jeito.
- Por ser igual a Melanie? – Não tem nada a ver com aparência, Mel. Tem a ver com o que há dentro de você. É isso que eu amo. Meu coração reconheceu o seu.
   Apesar das comparações, A Outra não é uma “Usurpadora”. E se difere principalmente no fato da Melanie, mesmo com sua fome de viver, não ser uma vilã alá Paola Bracho; Melissa não ser uma samaritana made in Paulina e de Connor não ser "bocó" como o Carlos Daniel – gosto dele mais a verdade tem que ser dita. Aqui, os personagens são reais e percebemos como a vida pode ser difícil com as escolhas que fazemos. É interessante ver como Melissa vai recuperando o que Melanie deixou em pedaços quando “fugiu” para Nova York e é lindo ver o que Melanie deixou para a irmã quando foi embora de verdade. Uma foi o ‘extraordinário’ da outra.

   O enredo do livro é daqueles que te deixa contente e ansiosa. O que será que vai acontecer no final quando tudo for revelado? Será que todos terão uma segunda chance de viver a vida que desejam? Chegamos ás respostas desses questionamentos lendo as últimas páginas e só posso dizer que o fim dado pela autora foi inesperado e emocionante.

   Gostei de todos os personagens e devo dizer que são eles o ponto alto dessa história. Foi impossível não me conectar com a Melissa e o seu desejo de ter uma família, com a Melanie e o seu anseio de sair da inércia de uma vida pacata, o Connor que não entendia os sentimentos que sentia por aquela mulher que há muito já não sentia nada e até mesmo com as crianças que demonstravam a falta do carinho e cuidado de uma mãe.
Tenho que destacar a Melanie, que poderia ser apenas uma mulher frívola que não liga para a família e amigos e que só pensa em dinheiro, mas a verdade é que ela foi além, foi humana. Na medida do possível ela foi o melhor que poderia ser.

   Os pontos que precisam ser melhorados é o tempo verbal de algumas frases, pequenos erros de digitação no e-book e o fato de que depois que a verdade vem á tona o romance entre Connor e Melissa se desenvolve de maneira corrida. Foi impossível não pensar que o livro poderia ser mais enxuto e se trabalhado nas mãos de um bom editor profissional, seria ainda mais maravilhoso. 


   O enredo criado pela Juliana Dantas poderia ser uma cópia de tantas outras histórias de gêmeas que trocam de lugar - e ainda sim continuaria boa –, mais não foi. A trama tem personagens reais, enredo original, boa narrativa e um final emocionante.

   A Outra: Duas irmãs. Uma troca mostra que não existe uma pessoa totalmente boa e nem completamente má, somos uma mistura dos dois. Mostra que a vida é uma só e que ela merece ser vivida pois é nosso extraordinário!

Quem quiser conhecer a trama é só acessar aqui, que será direcionado ao link do livro no site da Amazon. Fiz minha assinatura no Kindle e estou amando as descobertas que venho encontrando no caminho. Recomendo demais.

4 comentários :

  1. Olá...
    Amei, amei, amei sua resenha!
    Ultimamente venho lendo muitos comentários a respeito dessa obra e ando tendo grande interesse nela, principalmente, por ter toda essa comparação com A Usurpadora... Fiquei feliz ao ler seus comentários sobre essa comparação, pois, certamente iria ficar decepcionada com essa falta de personalidade da vilã Paola kkkk...
    Porém, ainda assim quero ler o livro ;)
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, me atiçou a curiosidade e foi pra listinha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Nathália!
    Eu amei esse livro, ele foi meu primeiro contato com a Juliana e eu já quero ler todos dela, rs.
    Eu adoro esses dramas pesados, cheios de reflexões e que no final são puro amor!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii Nath

    Esse livro parece mesmo ser bem gostosinho d ler. Vi várias resenhas comparando com A Usurpadora e achei legal vc esclarecer que a personagem não é nenhuma Paola, pois quando todo mundo começa a comparar o leitor automaticamente espera isso e pode se desapontar depois, então foi ótimo esclarecer isso.
    Eu gostei do enredo, achei bem interessante e essa capa e linda também. Adoraria conferir quando der a oportunidade.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.