O Vento me disse...#16 - Aconteceu em Paris - Molly Hopkins



Livro: Aconteceu em Paris
Autor (a): Molly Hopkins
Número de páginas: 480
Editora: Novo Conceito
Série: Evie Dexter #1
Ano: 2013
Skoob: aqui
Compre: aqui
Aconteceu em Paris - Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais! O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.

Aconteceu em Paris, escrito pela Molly Hopkins, foi lançado em 2013 pela Novo Conceito. O livro não tem nada daquele romance meloso que a gente imagina quando vê a capa, pelo contrário, tem muitas cenas quentes (para quem gosta não reclamar). Além do romance também tem muito de Chick lit, pois o tom cômico sempre esteve presente nas trapalhadas da protagonista. Apesar disso tudo, durante todo o processo de leitura eu tentei me identificar com a história e com os personagens, o que infelizmente não aconteceu. :(

Logo somos apresentados a Evie Dexter, uma mulher londrina que encontra-se num período não muito bom já que se encontra com uns quilos a mais, não tem um emprego e está cheia de dividas. Além de saber beber como ninguém, ela também tem uma lábia invejável. Desesperada por um emprego a Evie decide ser guia turística em Paris mesmo não tendo experiência nenhuma, afinal, não deve ser tão difícil assim né verdade? (pensamento dela lógico!).

Com um currículo invejável (e mentiroso...rs) ela acaba ficando com a vaga e é em sua primeira viagem como guia que ela conhece o motorista, Rob, que além de ajudar a Evie no trabalho é um pedaço de mal caminho.

Como disse antes, o humor tá presente em boa parte do livro e isso se deve em grande parte pelas situações vividas pela Evie e sua amiga Lulu, que divide o apartamento com ela. Mais o romance (que eu esperava) entre a Evie e o Rob não aconteceu. Era tudo muito carnal, o romance deles só estava presente quando se pegavam. Sem falar que me pareceu um pouco forçado, não sei, mais eles transaram em menos de 24 horas que se conheceram. Não era de estranhar a situação que ocorreu lá para perto do final que me fez mandar o Rob (que era o que tinha um pouquinho de juízo de todos) pastar no quinto dos infernos.

Esse acontecimento que não vou falar aqui, foi um pouco inesperado e até ajudou para que a personagem da Evie amadurecesse um pouco, entretanto, não foi suficiente para fazer surgir uma conexão minha com a história ou com os personagens, que resumidamente diria, são superficiais. E a narrativa da autora é simples, não achei nada demais, só ás vezes, senti ser um pouco arrastada.

Uma coisa que achei bacana foi o final do livro que possui um questionário alternativo de viagem (acompanhado de respostas) sobre algumas coisas da França e o início dos capítulos que vem com a imagem da torre Eiffel. Como sempre, nada a reclamar da diagramação da Novo Conceito. :)

Enfim, acho que o que contribuiu para que eu tivesse essas impressões sobre a história foi o fato de que fui ler o livro pensando que a mesma era bem mais romântica (afinal, romance, o casal da capa, o titulo do livro e Paris tem tudo haver! helloooo! rs) e encontrei uma história com algumas partes divertidas e cenas mais apimentadas, apenas.
"Quando entrega a alguém a chave de seu coração, ele pode entrar e sair quando quiser, a menos que você ponha uma barreira. Do contrário, existe a possibilidade de que o coração fique permanentemente aberto, permitindo que entre quando desejar e destrua qualquer vestígio de amor próprio que ainda tenha".

 Segundo livro:

22 comentários :

  1. Nao me chamouba atencao parece filme de sesao da tarde mais apimentado ^^ realmente a capa lembra muito mais romance

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, esperava um pouco mais. Acho que criei uma expectativa que acabou contribuindo para que eu não gostasse da história...infelizmente.

      Beijos

      Excluir
  2. A capa dá bastante impressão de ser um romance daqueles bem clichês, mas é uma pena que você não tenha se identificado com a história, fico decepcionada quando isso acontece comigo, porque a gente tenta se envolver com a história, mas nem sempre é possível e nem todos os livros conseguem nos conquistar.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né verdade, acho que daria um bom filme mudando algumas coisas. E sim, também fiquei um pouco triste de não conseguir me identificar com os personagens.

      Excluir
  3. É uma pena você ter decepcionado ...
    Ainda vou ler esse livro e acho que vou começar meio receosa com esse romance .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena mesmo Diana, espero que seja diferente pra você.

      Excluir
  4. gostei da resenha, livro bem interessante ainda mais porque se passa em París que luxo! gostei muito e espero ler em breve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste, a diagramação do livro está linda e com influências, claro, a Paris.

      Excluir
  5. Quando esse livro foi lançado eu fiquei louca para ler, a sinopse e a capa, me encantaram mas encontrei muitas críticas negativas, principalmente lá fora (já que aqui ele não é tão conhecido), e isso me desestimulou mais ainda tinha aquela vontade de ler, agora com essa resenha desisti de vez, e isso é uma pena....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o livro poderia ter sido muito mais, mesmo tendo elementos considerados clichês por muitos. Mais se quiser, pode arriscar e tirar suas próprias opiniões.

      Excluir
  6. Nossa, achei que era mega romântico também... Agora, vou falar, essa coisa de cenas picantes e do estilo chick-lit são duas coisas que não me agradam muito, não... Obrigada pela resenha, me convenci que não devo lê-lo rs

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Soraya, acho que depende sabe? Essa semana li um chick-lit que tinha uma ou outra cena mais picante e super gostei. É o livro Sem tempo para o amor. Super gostei e recomendo. É só questão de se identificar ou não com uma história.

      Excluir
  7. Já vi bastante comentários sobre esse livro. Tanto, que despertou minha curiosidade.
    Gostei do fato dele não ser muito meloso e misturar chick lit com cenas hot.
    Uma pena você não ter se identificado com o romance. Quando vemos a capa pensamos que o enredo terá um romance que conquista de cara né?
    Ainda continuo curiosa para lê-lo. Mas não é nada tão desesperador, haha.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, pela capa eu bem que esperava um pouco de melação, devo confessar. kkkk Mais enfim, espero que você goste.

      Excluir
  8. Hello!
    Adoro um romance e se tiver doses de humor me apaixono mesmo!
    Mas pela sua resenha, percebi que essa estória vc nao animou tanto ne?!
    Bom, achei a sinopse meio fraca, nao sinto aquele tchan de curiosidade pra ler... e a capa achei feia, sei la, nao gostei.
    Bom, mas eu leria se tipo eu ganhasse o livro, e além disso, é Paris!!! Sempre é bom conhecer outros autores.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, espero que você um dia ganhe o livro e possa ler a história Suzzy.

      beijos

      Excluir
  9. aaaah como fiquei chateada :( ainda lerei o livro pq sempre quis ler essa historia, mas confesso que agora nao vou mergulhar com a empolgação que eu estava antes! Ate melhor, ou chegaria com expectativas altissimas e acabaria ficando decepcionada tbm :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que quando a gente lê um livro e não tem tantas expectativas é bem melhor. Sabendo o que esperar as vezes a gente pode super gostar do livro. E ele se torna um favorito.

      beijos

      Excluir
  10. É uma pena que o livro te decepcionou, engraçado que a capa e sinopse parece falar de um romance super meloso, acho que foi isso que fez você meio que não gostar tanto né? Mesmo assim eu gostaria de ler o livro pra saber se tenho esta impressão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mandy tive essas sensações. Espero que você ache melhor e goste mais da história do que eu. A diagramação está linda.

      beijos

      Excluir
  11. Oi, no momento estou tentando evitar romances então não pretendo compra-lo, mas se acontecer de eu ganhar eu irei le-lo, deixarei anotado para talvez daqui um tempo eu queira ler. Adorei a capa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo né. Espero que goste da leitura quando for ler.

      Excluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.