O Vento me disse...#60 - Baía da Esperança - Jojo Moyes


Baía da Esperança
Autora: Jojo Moyes
N° de páginas: 301
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Skoob: Aqui
Liza nunca conseguiu fugir do passado. Mas nas praias paradisíacas da encantadora comunidade de Silver Bay ela ao menos encontrou a liberdade e a segurança que procurava se não para ela, para sua filha pequena, Hannah, até que Mike Dormer se hospeda no hotel que Liza administra com a tia.Um perfeito cavalheiro inglês, com roupas elegantes e olhar sério, Mike pode significar o fim de tudo que Liza trabalhou arduamente para proteger: não apenas o negócio da família e o lugar que tanto gosta, mas principalmente a convicção de que ela nunca amaria nem seria digna de amor outra vez.

Jojo Moyes é a autora de Como eu era antes de você, um dos meus livros favoritos, por causa disso decidi conhecer mais dos seus livros e há pouco tive a oportunidade de ler Baía da Esperança (versão 2015 da Intrínseca). No geral, posso adiantar que apesar de não ter me agradado tanto, o enredo foi muito bem escrito. Mais vamos ao que interessa.

A trama acontece em Silver Bay, litoral australiano. Lá vive três gerações de mulheres: Kathleen - uma senhora dona de um antigo hotel, Liza - uma mulher que já passou por situações bem complicadas, e Hannah - uma garotinha que é filha da Liza. As três vivem no pequeno hotel Baía da Esperança e veem as suas vidas mudarem quando um misterioso inglês se hospeda no local.
Mike Dormer saiu da Inglaterra com o objetivo de analisar a região de Silver Bay para a construção de um hotel de luxo. Inicialmente, ele só pensava no lucro e no crescimento profissional, contudo, a partir do momento em que ele conhece os moradores (especialmente a Liza) as coisas mudam de perspectivas. Ninguém sabe os verdadeiros motivos dele e a medida que ele tenta reverter a situação às coisas acabam se complicando.

Confesso que alguns pontos fizeram com que essa trama fosse inferior ao outro livro que já li da autora - como eu era antes de você. Entre eles, o excesso inicial de descrições de locais e tudo que envolve o mundo da pesca/mar e o fato da obra ser narrada de forma intercalada por vários personagens (não só os protagonistas). É bem verdade que cada início de capítulo vem com o nome do personagem e a trama é narrada em primeira pessoa (o que ajuda bastante nesse tipo de narrativa), mais confesso que tive que voltar algumas vezes para saber quem estava narrando e sinceramente? achei bem maçante.

Sobre a história ela realmente demora a engrenar, comecei a gostar mesmo a partir do momento em que o romance entre a Liza e o Mike acontece e um segredo que rodeia a protagonista é revelado/explorado (apesar de achar o desfecho bem clichê). Foi nesse momento que passei a ter um pouco mais de conexão com a personagem, aliás, devo apontar que isso foi algo que afetou a maneira como encarei a leitura, poucos personagens me conquistaram de cara. 

Apesar desses fatos é curioso ver como a autora já dava sinais que seria uma grande escritora (Baía da Esperança foi um dos primeiros livros que ela escreveu). A maneira como ela escreve realmente nos transporta para aquele cena, sentimos cada momento de felicidade, de angústia e de tristeza. 

Por fim, mesmo o livro não sendo um dos melhores da autora, ela nos brinda com uma história com toques de romance e de drama que realmente entretém o leitor. Além do mais, é interessante ver o quanto a autora evoluiu durante os anos. Por isso, indico a leitura para aqueles que já conhecem a escrita da Jojo Moyes e para aqueles leitores que procuram um livro para ler sem grandes expectativas. 
Observe o mar por tempo suficiente, seus humores e suas exaltações, suas belezas e seus terrores, e você terá todas as histórias de que precisa, de amor e perigo e daquilo que a vida nos traz em suas redes. E do fato de que às vezes não somos nós que estamos no leme, e não podemos fazer mais do que confiar em que tudo vai dar certo.






10 comentários :

  1. Oii Nathy

    Uma pena que o livro não te convenceu totalmente, mas ainda assim me alegro de saber que apesar dos apesares, houveram coisas que deu pra desfrutar na história. A capa dele é linda (como todos os livros da Jojo).

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Queria tanto achar esse livro com a capa da Bertrand Brasil, com um preço baratinho.
    Não gostei muito dessa edição da Intrínseca.
    Já espero que essa não seja um dos melhores livros da Jojo e já me falaram que algumas coisas se desenrolam muito rápido já no final.
    Mesmo assim quero ler, pois é uma das minhas autoras favoritas.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    Ainda não li nada da Jojo embora saiba que é muito amor envolvido, quem sabe não comece por esse. Curiosa já por aqui, desde a capa que é linda, até a história que parece ser muito boa. Mesmo você mencionando que talvez não seja o melhor da autora, tô curiosa por aqui!
    Beijoka!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu só li um livro dela, pois não sou muito adepto a ler livros de romance e tals. O livro eu ganhei de uma amiga e foi A Última Carta de Amor, e eu achei a leitura bem interessante e pude ver o quão bem a autora escreve. Enfim, uma pena que você não tenha curtido muito a leitura. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oie!!
    Nunca tive muita curiosidade de ler os livros da Jojo, pois apesar de achar as capas maravilhosas, os enredos nunca me atraem muito...
    De qualquer forma, acho bem ruim quando nos decepcionamos com um autor que admiramos... Mas ainda bem que você pôde tirar um bom proveito disso, avaliando a evolução da escrita da autora livro a livro!
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, não conhecia este livro da autora, ele não é muito divulgado. Mas é incrível ver como já neste ela torna a história algo envolvente e que discorre de uma maneira bem gostosa para o leitor. A história em si, me deixou bastante curioso pelo desenvolvimento dos personagens ao longo da trama, e já anotei aqui para lê-lo.

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Tudo bem? Ainda não conhecia este livro da Jojo, mas já parto da premissa que vai ser uma história bem surpreendente e tocante porque ela consegue mesmo criar histórias tão emocionantes, então me desanimou um pouco saber que você não achou o livro tão bom assim. Por outro lado esse é um dos primeiros dela e é interessante ver, como disse, a evolução da maneira de escrever.

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii... ainda não li nenhum livro da autora, para falar a verdade não me animei em ler nenhum deles, muito drama sabe?
    e depois da resenha e ver que a trama demora a engrenar acho que vou continuar um tempo sem ler algo dela
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Bom, eu não tive uma boa experiência com essa autora, na verdade, cheguei a abandonar a leitura :( Mas acredito que eu só não estava na vibe naquele momento para ler aquele livro. Adorei ler suas impressões a respeito dessa obra. Quem sabe eu não dê uma nova chance a ela e leia esse?! rs. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Li já alguns livros da Jojo e gosto bastante, mas esse não me atraiu muito. Desde a capa até a sinopse, nada me chamou a atenção nele. Pelo que você contou, só no comecinho, já me é bem clichê, com aquele filme Mensagem para você como inspiração.

    Mas não sabia que esse era seu primeiro livro, então pode justificar o jeito meio... buscador de caminhos que ela utilizou!

    Infelizmente, passo a leitura!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.