Sou Noveleira #01 - A usurpadora



No primeiro sou noveleira do blog vamos falar de um dos grandes clássicos mundial em se tratando de novelas, estou falando de A Usurpadora (La Usurpadora).

A novela foi produzida pelo Salvador Mejía e escrita por Carlos Romero no ano de 1998 no México, sendo transmitida pela rede de televisão Televisa. A mesma é um remake da novela de mesmo nome do canal venezuelano RCTV de 1992.

A história gira entorno da troca de duas mulheres que são idênticas na aparência mais que são de personalidades totalmente diferentes, Paola e Paulina. Está última acaba se envolvendo numa trama de intrigas e ambição, guiada com o impulso e permissão de Paola Bracho. O que elas não sabem é que a vida das duas nunca mais serão as mesmas.  

A trama é protagonizada por Gabriela Spanic e Fernando Colunga, considerados por muitos como um dos casais que mais tiveram química na TV mexicana. Eu não lembro a idade que eu tinha quando a novela foi ao ar pela primeira vez aqui no Brasil pelo SBT, sei que tenho como primeira lembrança aquela abertura, aliás, a considero perfeita, uma das melhores ( imagens, música...).     

Enfim, não vou entrar muito em detalhes sobre a história pois já a conhecemos de cor, o que vamos falar neste post são os cinco melhores momentos da novela e saber da opinião de vocês, então vamos lá:



1-      Encontro de Paola e Paulina: 



Esse sem dúvidas é uma das cenas mais marcantes da novela, quem não se lembra do encontro das duas no banheiro do clube?

2-    Investidas de Carlos Daniel:




Até hoje me pergunto como a Paulina pode resistir ao charme do gato Carlos Daniel. Essa é uma das coisas que se aplica a tão famosa frase que de vez enquanto falamos, “só em novela mesmo!”. Kkkk

3-      Paola Bracho: 

Essa é uma das vilãs que sempre serão lembradas por todos, Paola foi sem dúvida uma das personagens mais odiadas e amadas da novela. A mesma foi protagonista de diversos momentos nostálgicos e cômicos da novela, um deles foi a fase “moribunda”. Com certeza a atriz dá uma verdadeira aula de interpretação.

4-      O casamento: 




O casamento é com certeza uma das cenas mais clichês em novelas, se tratando das mexicanas então? O de Paulina e Carlos Daniel foi tão difícil de acontecer que merece tá nosso top... (pena que não teve uma lua de mel... kkk)


5-      A morte de Paola: 

Esse foi um momento bastante odiado pelos amantes da Sra. Bracho. A morte, depois de um acidente de carro, foi o fim de um personagem que ficou marcado para sempre na história das novelas mexicanas.




E é isso pessoal, eu quis falar um pouco sobre essa novela pois gosto dela e sei que muitos também gostam. Sei que foram vários momentos inesquecíveis e muitos ficaram fora da lista, por isso, gostaria que me ajudassem. Tem algum outro momento inesquecível da novela para vocês? Lembram de alguma frase, curiosidade? 

Até a próxima!  

2 comentários :

  1. Amei o post, adoro essa novela e assistirei quantas e quantas vezes repetir.
    Bjs Nathay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leninha, que bom ver você aqui... :)

      Pois é, essa novela tem uma coisa que não importa as vezes que o SBT reprise sempre assistimos né?... rs

      Beijo

      Excluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.