O Vento me disse...#44 - Veneno - Sarah Pinborough



Veneno
Autora: Sarah Pinborough
N° de páginas: 224
Editora: Única
Série: Encantadas
Ano: 2013
Skoob: aqui
Não existe felizes para sempre!Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria um final feliz pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!

Gosto de intercalar bem as histórias que leio, por isso não é de se estranhar que do romance policial da Nora Roberts acabei parando na fantasia de uma releitura da história clássica da Branca de Neve. O escolhido da vez é Veneno, livro da autora Sarah Pinborough que foi lançado no país em 2013 pela Editora Única e faz parte da saga Encantadas.

Nunca fui de assistir a séries como Grimm e Once Upon a Time que mistura o lado fantasioso dos contos de fadas e o mundo "real", nem muito menos fui daquelas de ler as releituras feitas sobre os clássicos infantis (apesar de gostar de alguns filmes sobre). Veneno chegou a mim, como uma leitura pretensiosa, afinal, a proposta era a de mostrar que contos de fadas também são para adultos. Adianto que ao meu ver, a autora conseguiu fazer o proposto de uma maneira inicialmente previsível e com um final totalmente inesperado- e pouco explorado.

Logo na capa do livro existe uma frase de efeito: - Repense seus vilões. Essas três palavras me fizeram começar a leitura com o espírito mais complacente. Sabe, aquele espírito que nos fazem tentar enxergar, nos personagens, mais do que os seus atos maldosos? Onde procuramos analisar não os atos em si, mais sim o que levou as pessoas os cometerem? Então, com isso em mente tentei analisar Lilith, a rainha do coração de "gelo", que morre de inveja da Branca de Neve e faz de tudo para vê-la longe do castelo.

De uma beleza estonteante e de uma objetividade enorme, a rainha logo que tem a oportunidade, intimida a todos do reino. O curioso é que apesar de vermos que a maldade está instaurada no seu sangue de bruxa, também vemos as suas fraquezas- e são muitas delas. Confesso que gostei de ver uma rainha que apesar de querer a morte da Branca de Neve, se desesperou quando isso de fato ia acontecendo sem que ela tivesse planejado. Gostei de saber que ela não teve uma vida fácil quando criança e de que se casou por ser um arranjo- e não por ser um golpe ou por ganância. Nos momentos que a rainha mostrava o seu lado perverso eu só pensava que ela merecia tudo de ruim na vida e nos momentos que ela mostrava suas fraquezas, chegava a ter compaixão pelo seu destino. Ainda não descobri se sinto mais raiva ou pena dela- acho que ambos na medida.

"A que se devia essa necessidade de ser visto como benevolente? Se é para ser cruel então admita isso. Abrace isso. Qualquer outra coisa era apenas autoilusão e fraqueza."
Branca de Neve não se parece em nada com as mocinhas que estamos acostumados a ver. Ela continua generosa com todos a sua volta, sua beleza continua estonteante e sua natureza de enxergar sempre o bem das pessoas continua intacta, no entanto, as semelhanças param por ai. Em Veneno, a nossa mocinha é mais corajosa, livre, sem amarras e...bem saidinhaaaaaaa. Sim, isso mesmo, a autora introduziu na personagem um lado sensual, meio selvagem, que me surpreendeu bastante lá para o final do livro. Esse é um dos motivos para que essa pessoa que vos escreve se ache no dever de avisar, esse definitivamente NÃO é um livro para CRIANÇAS.

Outros personagens também não são nada comuns, os anões e principalmente o príncipe não são aqueles poços de bondade que tanto esperamos. Para se ter uma noção, terminei o livro simplesmente odiando o príncipe e acabei chegando a uma conclusão, a de que ele era um sapo definitivamente. hehe 
Já em relação ao caçador, fiquei com a sensação de que ele poderia ser mais explorado, o personagem tinha um "ar" que poderia render muito mais na trama, infelizmente, ele teve um final decepcionante e sua passagem, assim como no conto original, foi passageira

Agora, o que me incomodou drasticamente foi o fato de muitos pontos ficaram sem explicação ou foram pouco explorados. Afinal, o que aconteceu com o rei? A Branca de Neve termina daquele jeito? O príncipe vai ter aquele final? O que aconteceu com a rainha? O caçador tão experiente tinha que cair naquela armadilha? Ele vai ficar para sempre daquele jeito? Enfim, são muitos questionamentos sem respostas e que procurei não entrar em detalhes para não dar spoilers. Tenho a leve esperança que partes desses questionamentos possam ser respondidos em Feitiço- segundo volume da saga que aborda a releitura de outro conto infantil, o da Cinderela. Tenho essa esperança pois em Veneno vemos pequenos elementos das outras histórias, como o sapatinho da Cinderela que se encontra na posse da rainha má e a presença da famosa bruxa da história de João e Maria que é da família da Lilith. 
“[...] – Somos todos animais. Todos respiramos. Nenhuma criatura é mais valiosa que outra. [...] –E nenhuma morte deve ser desperdiçada.”
Acredito que no final das contas a autora soube surpreender apesar de todos os pecados e, o grande mérito da obra da Sarah Pinborough foi me fazer repensar nos papeis dos mocinhos e vilões. Com estes últimos fui bem mais benevolente, e com os primeiros, julguei muito mais. Pude perceber que nem tudo é preto ou branco/8 ou 80. Enfim, o mais estranho é que apesar do livro ser mediano e de ter deixado muitas coisas sem explicação, ainda tenho a curiosidade de continuar com a saga. E é isso o que vou fazer o mais breve possível. 

12 comentários :

  1. Eu amo essas releituras e também já li esse livro. Concordo com você em vários pontos que você citou em sua resenha e também tive as mesmas sensações. Achei a história simples, mas não descansei enquanto não concluí a série. Espero que você continue a ler os outros também.
    Boas leituras!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Sou mega apaixonada por essa saga, cada um dos livros é melhor do que o outro. Feitiço é o meu preferido mas todos são maravilhosos. Olha, no segundo volume tem alguns pontos revelados sim, mas só mesmo no terceiro é que tudo vai se encaixar e você vai entender. Acredite, o terceiro é chocante, muito, mas muito chocante.

    ResponderExcluir
  3. Oi Nathalia, não li nenhum livro desta saga porque não curto releituras e também não gosto de princesas, então, a leitura não funcionaria para mim. Mas achei curioso a história te fazer repensar o papel dos mocinhos e vilões e confesso que fiquei com uma pontinha de curiosidade.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie Nathalia.
    Amoooo esse livro, amo a trilogia inteira na verdade, é sensacional e uma ótima releitura que me fez gostar um pouquinho mais do lado dark dos contos de fadas, e a Sarah soube fazer direitinho né? Não posso me empolgar muito ou conto spoilers dos outros, mas se prepara que fica melhor.
    Bjokas e amo o caçador, tem como não amar? Amo todos na verdade, menos o príncipe, esse pode sofrer eternamente que não me sentirei culpada, af, ele é bem babaca né? Por isso digo, as aparências conseguem nos enganar muito bem...
    Bjokas e ótima resenha.

    ResponderExcluir
  5. Olá Nathalia,
    Poxa, que triste, o livro pareceu ter muitos pontos pontos fracos.
    Essa questão de rever seus vilões é bastante importante, pois precisamos pensar, também, o que fez aquela pessoa cometer tal ato. Li sua resenha e vi que a Rainha não é tão má e que a Branca de Neve não é tão boa.
    Ainda tenho a intenção de ler esse livro, mas vou levar suas considerações em conta.
    Parabéns pela resenha e sinceridade.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nathalia, tudo bem?
    Eu adoro releituras, ás vezes até acho que ficam melhores que as histórias originais. Pela sua resenha, esse livro me parece intrigante, gostei dessa ideia de que os vilões e mocinhos tem um segundo lado e que não podemos esperar que eles cumpram seus papeis o tempo todo.
    E que pena que o livro tenha muitas pontas soltas, detesto isso também. Mas provável que o próximo livro lhe dê as respostas que você precisa, se não acaba se tornando uma leitura cansativa.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Eu sempre vejo muitas criticas positivas a respeito dessa série. Geralmente os leitores ficam surpresos com os personagens e o modo como eles são abordados, eu fico feliz que você tenha gostado da historia, apesar dela ter ficado meio em aberto. Com certeza é mais um livro que foi para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  8. Eu amo a capa desse livro, sempre que posso leio algo que foi criado com base dos clássicos como julieta e romeu, somente li releituras desse e lendo a resenha me empolguei bastante, já que o livro é o oposto o que eu imaginava.

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste, embora nem tanto.. :) Bem, é uma forma de ver essas historias de uma forma diferente, na minha opiniao..

    Por outro lado, essa falta de explicação pode ser má.. Ao mesmo tempo, pode fazer o leitor continuar, como aconteceu contigo.. :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Quase comprei essa série no Submarino, na promoção do box, mas acabei desistindo. Pela sua resenha, eu com certeza daria uma chance ao romance da autora, faz tempo que não leio fantasia.
    Abraços, Heitor Botti
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/04/nove-regras-ignorar-antes-de-se.htmleu

    ResponderExcluir
  11. Olá, que pena que o livro não era tudo oque você esperava, eu li a trilogia e gostei muito. É uma pena que ele não funcionou com você, mas apesar de tudo continue lendo que eu acredito que você irá gostar.

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/luz-camera-e-acao-18.html

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Releituras me agradam demais. Esse ano estou em busca de ler muitas histórias nesse estilo.
    Ainda não cheguei a ler essa a saga Encantadas, mas com certeza estará na minha lista de releituras.

    Parabéns pelo trabalho.
    Abraço
    Ingrid Cristina
    plataformatresquartos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.