Debate Literário - Livros com histórias clichês



Oiiiii meus amores, hoje é dia de estreia aqui no blog, ou seja, a coluna Debate Literário está na área. Existe certos assuntos que eu gostaria de comentar e que não estava satisfeita em colocar no Mais que literatura que é outra coluna aqui no blog. Então, decidi falar com vocês através desta nova coluna, espero ver a opinião sincera de vocês sobre os temas aqui discutidos, hein? :) 

Pensando em um assunto para abordar nesse primeiro momento eu decidi falar sobre livros clichês. Afinal, umas das criticas que mais encontro em resenhas no meio literário é o fato do livro ser clichê, no entanto, antes de tudo, sobre a palavra clichê...
" ...a palavra se tornou sinônimo de tudo o que já foi objeto de repetição excessiva e perdeu a originalidade. Assim, clichê também pode significar uma ideia que se repete com tanta frequência que já se tornou previsível dentro de um dado contexto".  (retirado do Wikipédia)
Um exemplo de história clichê é aquele mocinho bad boy que se apaixona por aquela mocinha inocente e doce. Ou aqueles livros de vampiros que se seguiram depois do 'boom' que foi Crepúsculo (2005) onde sempre tinha um vampiro que se apaixonava por uma humana e blá, blá, blá. Enfim, acho que vocês já devem ter entendido. 

Acredito que o uso de elementos clichês no mundo literário é usado pelo fato de se ter aquela fórmula meio que pronta onde o sucesso nas vendas é praticamente garantido.   


Por outro lado, esses elementos causam muitas decepções literárias. Isso acontece, principalmente, pelo fato do leitor esperar por algo que está logo na cara que não vai acontecer. É como se eu fosse ler - apesar de já ter lido na sinopse e outros comentários de leitores - Cinquenta Tons de Cinza e esperasse encontrar um livro muito bem escrito ou que o mesmo só teria a parte do BDSM e nada de romance. Acreditem, cansei de ver gente decepcionada por esses motivos com relação ao livro da E. L. James. Hello galera! Estava na cara (pelo menos para mim) que isso não ia acontecer, afinal, o que esperar de uma fic baseada em Crepúsculo? (E não falo isso de forma depreciativa, pois amo Cinquenta tons e o livro da Stephenie Meyer). 

Sinceramente, não vejo problema se o livro é clichê, dificilmente crítico um livro de forma negativa, em alguma resenha, por ele conter esses elementos 'menos' originais. Claro que quando um autor usa de fatos que saem daquilo que se é esperado e acaba nos surpreendendo é uma coisa maravilhosa, mais se isso não acontece, também não vejo grandes problemas.

Claro que não vou generalizar, existe exceções e exceções. Por isso quero saber de vocês, o que pensam de livros considerados clichês? Acham que isso torna uma história negativa? Vamos lá, quero a opinião de vocês hein?

Até logo! :)

9 comentários :

  1. Eu acho que existem clichês e clichês, na verdade, rs.
    O problema nem é colocar o vampiro, o bad boy ou a mocinha inocente; é parecer que vc realmente queria imitar alguma coisa.
    Então eu curto quando o autor consegue se destacar pelo próprio jeito de escrever, pelo modo como apresenta os personagens, pela mensagem que quer passar... Ainda que o enredo seja previsível!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que nem você Carol. Concordo com tudo o que você disse. Quando o autor consegue passar a história da sua maneira, com a sua escrita, o clichê é meio que deixado de lado né?

      Beijos

      Excluir
  2. Eu acho que um livro com elementos clichês pode ser um ótimo livro, mas a gente sempre deseja que algo nos surpreenda, e acho que é isso que torna uma trama inesquecível.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Lenise, quanto tempo. :) Super concordo com você, são os elementos surpresas, que em uma trama clichê, torna o livro inesquecível.

      Beijos

      Excluir
  3. Acredito que a literatura é como qualquer outra parte da nossa vida, tem os clichês da música, da fala, da internet e a literatura não fica de fora. Em minha opinião, certos clichês ajudam a chamar novos leitores, porém, é necessário este pensamento sobre a boa literatura, aquela que faz pensar e tudo mais.
    Não sou de apedrejar e julgar quem lê, quando eu não tô na vibe simplesmente deixo de lado e espero passar a febre, pois, uma coisa ser clichê por encantar várias pessoas não quer dizer que não seja boa, enfim, é um bom assunto a ser discutido.

    Amei o blog!
    Feliz 2016!
    Beijinhos
    http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem esses lados né Alyne. É por isso que digo, quando tem uma história clichê devemos analisar bem os pontos. E não necessariamente criticar por criticar só pelos clichês, entende?

      Beijos

      Excluir
  4. Oi Nathalia!
    Não tenho muito problema com clichê, acho que tem outras coisas que podem estragar mais uma história, como uma narrativa ruim.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Adorei a ideia do post.
    Atualmente é difícil achar o que não é clichê, com tantas histórias já escritas como usar algo original? A fórmula bad boy/mocinha doce por exemplo, não importo em ler centenas de histórias assim, contando que o cenário seja agradável e o enredo bem estruturado. Acho que o clichê escrito de uma forma bela, criando uma trama que se fecha de forma plena no final agrada qualquer leitor mas o excesso de clichê enjoa também. Ler uma história com muitas "coisas copiadas" não agrada ninguém kkk Não sei escrever, só ler mas acredito que o segredo de tudo é a construção, o enredo de forma geral.
    Bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nathalia!
    Na minha opinião sincera, não importa se o livro é um clichê, mas se a historia é boa. Depois que me apaixonei pela Saga Crepúsculo, entrei numa fase vampiresca, se o livro tinha vampiro eu lia, nem fazia questão de ler toda a sinopse. É logico que com isso me decepcionei bastante, mas também descobrir livro incríveis.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.