O Vento me disse... #68 - Black Rainbow - J. J. McAvoy


Black Rainbow 
Autora: J.J. McAvoy 
N° de páginas: 325
Editora: Nyla
Ano: 2015
Skoob: Aqui
Depois de uma aventura erótica de uma semana com um músico que ela conhece em um bar, Thea Cunning nunca espera ver Levi Black novamente. Então, na manhã de segunda-feira, ela descobre que seu ex-namorado não é apenas seu professor, mas também é um dos maiores advogados criminais do estado de Massachusetts. Com todos na classe competindo para ser um dos doze discípulos - um grupo de doze estudantes que o professor Black toma sob sua asa - as tensões aumentam. Thea considera desistir de sua aula, dada sua semana apaixonada juntos e sua química inegável. Afinal, há outros professores de direito (menos irritantemente sexy) no campus. Mas para realizar seu objetivo e tirar o pai da prisão, Thea sabe que precisa aprender com os melhores - e isso é Levi Black.Mas ela pode aprender sob o melhor, sem estar sob o melhor? 


Nada melhor do que um romance proibido entre uma aluna e um professor para passar umas horas. Quente, divertido e envolvente é assim Black Rainbow, livro de J.J. McAvoy.

Narrado em primeira pessoa e dividido em três partes, o livro é um new adult que conta o drama de Thea Cunning, uma estudante de advocacia que vê sua vida girar quando descobre que o cara no qual passou a semana mais maravilhosa na sua vida é também o seu professor da faculdade de direito. Levi Black é professor e advogado durão que é conhecido pelos alunos como "El Diablo" por causa da sua rigidez e por The Cleaner no meio jurídico, por não ter perdido nenhum caso.

Quando percebem que eles terão que ficar juntos, os dois tentam de toda maneira fazer o que seria "certo", como era de se esperar eles não conseguem e a trama ganha o seu "tempero". Assim, a tensão entre ambos é notória e logo Thea será mais que uma dos "Doze discípulos" do El Diablo.
"Eu só não sabia como equilibrar todos os meus lados; o professor, o advogado, o cara sob tudo isso... o cara que só queria estar na cama com ela novamente."

Menos doce e triste que A verdade sobre nós e nada massante como O inferno de Gabriel, o livro se tornou um dos meus queridinhos quando se trata de história com essa temática envolvendo aluno e professor.

Acredito que meus pensamentos positivos em relação a história se deram pelo fato de que a autora soube dosar os elementos mais "calientes" e dramáticos de uma maneira que a  leitura discorreu de forma bem natural. Gostei do pano de fundo do enredo ser uma universidade e o escritório de advocacia - onde um grupo seleto de alunos resolvia alguns casos e proporcionava uma disputa acirrada gostosa de se acompanhar. Não sei porquê, mais me lembrei da série The Good wife... bons tempos.

Os personagens também são bem legais de se acompanhar, até mesmo os secundários (apesar da história não focar tanto neles). Os protagonistas também me agradaram pois vi em Thea uma mulher forte e decida que apesar de ter um passado complicado procurou seguir adiante, ela tinha um objetivo de vida e faria de tudo pra conseguir com seus próprios passos. Falando nela, foi a primeira vez que li uma história com uma protagonista negra (apesar de já ter publicado a resenha de Em suas mãos que a mocinha é negra, li esse livro depois de Black Rainbow). É curioso que a literatura da "massa" não apresenta personagens negros, mulher negra bem resolvida profissionalmente então? Quase não aparece (ou talvez eu que não tenha percebido). Apesar de J.J. McAvoy  não entrar muito nas questões raciais, fica à dica: representatividade importa sim.
Já Levi é um homem que sabe o que quer e apesar de saber que a relação entre eles é polêmica, não fica com aquele papinho (que as vezes cansa) de que "não dá, não posso" durante muito tempo.

Black Rainbow, mesmo apresentando todos os clichês do gênero, foi uma leitura que foi além do que eu esperava. Com uma ambientação empolgante e personagens muito bem caracterizados é quase impossível não gostar do enredo, que nos mostra que o que realmente manda, acima de tudo, é a lei do coração.

"Quem diz que os sonhos não se tornam realidade? Todo mundo merece ter um ‘Felizes Para Sempre’ e ela era o meu."

19 comentários :

  1. Oi! Não leio muitos livros nesses gênero de romance hot, porque não faz minha praia, mas gosto de conhecer boas oportunidades de leitura. Gostei da confusão pre anunciada entre os dois protagonistas, que tiveram uma semana de loucura e tal, e depois descobrem que são professor e aluna, ainda que eu não goste muito desse tipo de relação. Achei bem aproveitada. Gostei também o ambiente de universidade e de advocacia, deixa mais legal.. Obrigada pela dica!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  2. Menina, se tem uma coisa que eu amo são esses livros New Adult! Esse vai entrar na minha lista de desejos! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que delicia de leitura!
    Esse sem duvidas entrará p minha listinha!
    Eatou finalizando um agora, em breve lerei este.
    Boa dica, bjs!

    ResponderExcluir
  4. Adoro leitura, não sou chegada a romances, mas gosto de textos que tenham advogados, rs. Anotarei na minha lista de leitura. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Amo um bom romance proibido e por incrível que pareça gosto de clichês, já quero ler esse livro, estou indo agora salvar na minha lista do skoob porque esse não posso esquecer

    ResponderExcluir
  6. Parece ser muito bom esse livro, fiquei curiosa pra saber mais sobee essa historia, ja entrou pra minha listinha. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  7. Para quem gosta do gênero literário deve ser uma ótima pedida! Muito bacana sua resenha!

    ResponderExcluir
  8. Este genero de literatura é bem diferenciado, não é muito o genero que leio. Mas sua abordagem esta muito legal.

    ResponderExcluir
  9. Nossa!!! So de olhar a capa ja fiquei curiosa para ler o livro rs..
    Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  10. Li esse livro em um dia via ebook, a autora mais do que ninguem soube como conquistar o leitor e nos envolver com a história, a trama é clichê sim mas o ponto alto dela é muito bom e nos deixa super atentas ne? Eu amei demais!

    ResponderExcluir
  11. Interessante essa história, gostei !!! E amei o seu blog, é lindo 💋💋💋

    ResponderExcluir
  12. Oi Nathalia,

    Eu tenho sempre um problema com romances mais eróticos, porque é sempre aquela mesmice, aquela mesma premissa, etc. Apesar desse me parecer um clichê, eu gostei de saber que a autora conseguiu dosar essa questão das cenas mais picantes com o drama todo dos personagens. Adoro a temática aluno-professor, rs, portanto anotei a dica :)

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nathalia.
    Apesar de ter gostado muito da sua resenha, não ando muito animada para ler ficção em inglês. Ando tão cansada que prefiro não ter que pensar muito quando pego um livro para relaxar!! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  14. Oi, Nathalia. Tudo bem?
    Bem, apesar desse livro não ser o tipo de livro que gosto de ler, eu adorei ler a sua resenha para conhecer um pouco dele. Como você mesmo destaca na resenha, a história é bem clichê. Aquela coisa envolvendo aluno e professor que muita gente já escreveu. Apesar disso, acho que o ponto positivo é sabe que mesmo diante disso, o livro tem os seus atrativos e diferenciais, acredito que isso é o que importa. Muito boa a resenha.

    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
  15. Apesar de não apreciar literatura erótica (fujo sempre que possível) e de romance entre aluno e professor não ser um dos meus temas preferidos, fiquei interessada nesse livro.rs

    Os motivos da mocinha para estudar Direito, o fato da história também se passar num escritório de advocacia e a representatividade que existe na história me atraíram. Se tiver uma oportunidade vou ler.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Conheço a escrita dessa autora e acho muito boa, porém estou em uma fase que são poucos livros hots que me chamam atenção. Apesar de gostar da ambientação da narrativa, acho que não seria minha opção no momento.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    achei a premissa bem interessante, ainda mais por haver esse equilíbrio entre drama e sensualidade. As vezes me frusto com livros do gênero pelos excessos cada vez mais escancarados que tenho encontrado, então fico muito contente por encontrar um enredo que me atrai e foi escrito com qualidade.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  18. Oi Nathalia,
    Gostei muito da sua dica e da sua resenha. Fui procurar o livro na Amanzon e descobri que ele ainda não foi lançado por aqui. O ebook em inglês está por apenas R$3,90. Gosto desse ambiente jurídico. Vou ler, com certeza.
    Com amor, André
    Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? Estou pela primeira vez em seu blog e amei seu cantinho, muito lindo mesmo!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, pois é algo totalmente diferente dos gêneros que eu leio e as vezes é bom mudar e conhecer o novo.
    Pelo que li em sua resenha, Black Rainbow é clichê, mas deixa eu te contar: amooo livros clichês, tem muita gente que odeia mas eu realmente gosto.
    Obrigada pela resenha e pela dica! Beijos!

    www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.