Sou Noveleira #8 - Coração Selvagem (1993)




A primeira adaptação para televisão de Coração Selvagem(Corazón Salvaje) se deu com a versão de 1966 onde teve como protagonistas os atores Yulissa, Jacqueline Andere, Enrique Lizalde e Enrique Álvarez Felix, depois desta, houve mais três versões da história original de Caridad Bravo Adams, sendo uma em 1977 e outras duas em 1993 e em 2009. De todas as versões, a de 1993 definitivamente foi  a que marcou a história das novelas e se tornou um grande clássico da televisão mexicana.

Protagonizada por Eduardo Palomo, Edith González, Ana Colchero e Ariel Lopez Padilla a novela foi um grande sucesso, o elenco (a principio) não foi uma unanimidade, no entanto, foi o ideal para a realização da história. Os atores (inclusive os secundários) foram muito bem caracterizados e tiveram cada um o seu momento de destaque na trama, que foi adaptada pela maravilhosa Maria Zarattini e produzida por José Rendón.

Para quem não assistiu a novela, ela é uma novela de época e conta a história de Juan del Diablo (Eduardo Palomo). Juan  é um pirata, que muitos consideram como um “bandido”, que mesmo  descobrindo cedo que é filho bastardo de um homem importante da cidade, nunca procurou a sua família. Quando adulto, ele conhece e se apaixona pela sensual  Aimé (Ana Colchero), filha mais velha dos Altamira. Aimé se aproveita da paixão de Juan e o ilude dizendo que eles vão se casar e tal, acontece que isso não é possível pelo fato de que  ela deseja  se casar com alguém da sociedade e que tenha fortuna, isso  ela encontra em Andres (Ariel Lopes Padilla) - que mesmo sendo o prometido de Monica (Edith González), irmã de Aimé, não pensa duas vezes em firmar compromisso com ela.

Quando Juan descobre que foi enganado pela irmã mais velha dos  Altamira, decide contar a verdadeira face da Aimé para a sociedade, no entanto, Monica que é uma mulher devota e de bom coração, descobre as intenções de Juan e tentando evitar uma tragédia o convence  a não contar o envolvimento que ele teve com a sua irmã. Para tanto, Juan pede ela em casamento (o que foi, inicialmente, uma vingança contra a Aimé) e Monica mesmo gostando de Andres aceita o pedido. O que nenhum dos dois imaginava é que dessa união inesperada surgiria um amor, um amor que conseguiria passar por muitos empecilhos para chegar aos tão felizes para sempre.

Coração Selvagem (1993) foi uma novela bem diferente do que estamos acostumados a ver nas novelas mexicanas atuais ou até mesmo das novelas da época,  e isso aconteceu e acontece por causa do trabalho da produção da novela.  Nas mãos do José Rendón, a produção teve um cuidado mais que especial aos detalhes; desde a iluminação, os cenários e os figurinos. Todo essa atenção na produção, aliado a adaptação da Maria Zarattini que modificou alguns pontos, transformou a adaptação em um modelo de (quase) perfeição.  


Sobre o elenco, o destaque vai definitivamente para Eduardo Palomo que teve nesta novela o seu papel mais marcante na televisão mexicana. É curioso que mesmo depois de sua morte (2003) o ator seja lembrado por esse papel, mesmo tendo vivido tantos outros. A verdade é que o Juan do Eduardo realmente é um personagem à parte; a sua voz, o seu cabelo comprido, seus olhos verdes e as atitudes destemidas permearam o imaginário feminino da época e até hoje encanta as admiradoras (eu inclusive) da trama.

A Edith também se saiu super bem como a mocinha Monica, ela soube passar a pureza que a personagem tinha e que no decorrer da trama ia se descobrindo como uma mulher forte e decidida. Fico pasma quando vejo Coração Selvagem e depois Dona Bárbara (2008), a Edith realmente merece estar onde chegou, ela é uma boa atriz com certeza. 
  
Falando em Edith e Eduardo não poderia deixar de apontar a química desses dois; é fato que a Maria Zarattini gosta de empregar no seu texto o lado mais sensual e sexual dos seus personagens e com Monica e Juan não foi diferente, os dois atores tiveram momentos bastantes memoráveis e até hoje formam um dos casais mais bonitos e marcantes da televisão mexicana.

Seja pelo elenco afiado, produção caprichada e trilha sonora maravilhosa a história de Coração Selvagem se tornou inesquecível e é por isso que é considerada um clássico das telenovelas. Por isso sempre recomendo essa novela, se você gosta de livros de romance histórico então, acredito que irá gostar mais ainda. E se você não acompanha novelas, deixo a dica para acompanhar essa novela agora nas férias, afinal, é bom acompanhar uma história de amor seja ela em livro, série, teatro ou nas novelas.     


Curiosidades

- A novela é baseada em uma trilogia literária que foi escrita pela autora mundialmente conhecida, Caridad Bravo Adams;

- O ator Eduardo Palomo morreu em 06 de novembro de 2003, vitima de um ataque cardíaco durante um jantar em um restaurante em Los Angeles, EUA.

- Em um dos principais prêmios da tv mexicana, o TvyNovelas, a novela ganhou  o prêmio de melhor novela, melhor atriz e ator protagonista, melhor primeira atriz, melhor revelação feminina e masculina e melhor trilha sonara de novelas do ano de 1993;

- A versão de 2009 de Coração Selvagem que também foi produzida pela Televisa foi um verdadeiro fiasco,  ninguém que já assistiu a versão de 1993 gostou desta última versão. Falo sério, não olhem (só se quiser rir um pouco...kkk);

-  A trama foi exibida pela primeira vez no Brasil pela CNT em 1997 e pelo SBT em 2001, sendo a sua última reprise aqui no Brasil pela TLNovelas em 2008.

30 comentários :

  1. Oie...
    Adoro os seus posts de novela!
    Essa não conhecia, mas, parece ser interessante.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que interessante... é boa mesmo Diane.
      Fico feliz em saber que você gostou.

      Beijos

      Excluir
  2. Genteeeeeeeeeee..eu amava essa novela..confesso sou noveleira mexicana assumida e gostaria muito que o sbt reprisasse Coração Selvagem..eitaaa que agora bateu foi uma nostalgiazinha viu ^^
    A outra versão de 2009 é uma que tinha o Fernando Colunga no elenco? Lembro que assisti uma novela de época com ele..
    Apesar de amaar novela mexicana tem algumas que deixa a desejar!! Posso fazer um pedido? No seu próximo post sobre novelas vc poderia falar da novela A Mentira? Sou completamente apaixonada por essa novela!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/01/lancamentos-janeiro-editora-seguinte.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anne que bom que você da postagem. A versão de 2009 foi protagonizado pelo Eduardo Yañez, acho que você tá confundindo com Pasión, Alborada ou então Amor Real, essas sim são as novelas de época que foram protagonizadas por ele.
      E sobre A mentira pode deixar que faço, agora, confesso que acompanhei pouco sobre essa novela, assisti mais a versão de 2006, Feridas de amor que foi protagonizada pela Jack e o Guy. Mais pode deixar que vou procurar fazer (vou procurar assistir mais ela). :)

      Beijos

      Excluir
  3. Olá.
    Que inveja! Nunca assisti essa novela (vou procurar online se encontro).
    A última vez que assisti novela foi em 2009 e confesso que foi uma das melhores coisas que fiz, perdia muito tempo as vendo e as novelas de agora não me chamam mais atenção.
    Amei o pirata como personagem principal, tenho um verdadeiro tombo por caras de cabelos longos haha.
    Amei a postagem, foi bom conhecer essa novela =D E pelo que você disse, ela é diferente das outras, confesso que acho as novelas mexicanas bem idiotas e com uma produção horrível, até alguns atores são =(.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisele, não sei se poderia dizer que é idiotas, a verdade é que são estilos diferentes, as vezes algo mais infantil, mais contos de fadas. Enfim, é questão de gosto mesmo. Kkk

      Beijos

      Excluir
  4. Só gostava de novela mexicana de criança (quando eu era criança também, óbvio, rsrs.) essas mais adultas nunca me interessaram. Confesso que acho as atuações muito forçadas, mas sei que é do jeito deles mesmo. rs
    Mas o que talvez me interessou nessa novela é que tem piratas! rsrs Mas acho que não assistiria mesmo assim.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como já apontei é questão de gosto mesmo. E mais do que piratas, existe um romance muito bem embasado. Super recomendo.

      Beijos

      Excluir
  5. Oi Nathalia!
    Eu não curto novelas, ainda mais as mais antigas. Curiosamente, também não sou chegada nos romances de época. Mas foi bom descobrir um pouco sobre essa, afinal é um clássico né?
    E eu não sabia que ela tinha ganhado tantos prêmios assim! Meu deus, foi muita coisa! Na época então, deve ter sido muito mais impactante.
    Mas valeu pela indicação, se eu descobrir alguém que curte, com certeza vou recomendar.
    Sucesso com o blog, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo perfeitamente. :) E sobre os prêmios, realmente ela conseguiu vários, até hoje é lembranda como um clássico da tv mexicana.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi! Tudo bem?

    Achei esse post bem diferente de tudo que já vi. Não sou grande fã de novelas. Nunca cheguei a acompanhar uma por inteiro, sempre desisto no meio, pois sempre acho que não são bem produzidas. E por vezes acho o roteiro muito superficial...

    Mas, essa novela mexicana aí parece ser interessante! Gostei de saber que é baseada em uma trilogia literária. E a trilha sonora bacana e produção caprichada me fazem ter vontade de assistir para tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá esperando o que? Corre assistir ela no youtube. Kkkk Espero realmente que goste.

      Beijos

      Excluir
  7. Olá!

    Eu adoro novelas mexicanas, só tem me faltado tempo de assisti-las kkkk eu acho que já ouvi falar Coração Selvagem em algum lugar, mas não sei onde. Nem sabia que já tinha passado no SBT a versão nova. Mas me interessei pela de 1993, pelo o que você falou ela parece se maravilhos . Acho que a única novela mexicana de época que eu já assisti foi Amor Real, era apaixonada por essa novela. Vou anotar essa novela aqui, assim que eu acabar de ver Mi Corazón es Tuyo darei uma conferida nela. Obrigada pela dica!

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamella, a versão de 2009 não passou aqui no Brasil, quando disse para assistir é no youtube em espanhol mesmo. kkkk E amor real é amor real, não tem comparações.
      Sobre Mi Corazón es tuyo, confesso que vi algumas cenas e apesar de ter feito um super sucesso e de ter a linda da Silvia Navarro não gostei, achei meio "caricata". Espero que você esteja gostando dela.

      bju

      Excluir
  8. Olá,
    Vou confessar, tem mais de três anos que não assisto a uma novela, mas já fui muitooo fã de novela mexicana.
    Vi todas as "Marias" que passavam no sbt mas essa não lembro de ter visto, o que é uma pena, porque a temática dela é a do tipo de livro que mais amo.
    Vou guardar o nome e procurar, quem sabe ela me faz voltar a assisti-las.
    Vou procurar também a autora em que a obra foi baseada, não a conheço.
    bjs,
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.co

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu já ouvi falar da trilogia, já me indicaram por eu gostar de romances assim. Sinceramente, essa novela deve ser muito boa escrita, muito boa! Eu não curto acompanhar novelas assim, pq acho que não incentivo tanto quanto deveria a minha imaginação. Essa troca de casais é bem cliché, mas se bem escrita se torna uma revira-volta excelente. Já deu pra ver que os "traídos" vão se apaixonar e isso só me aguça a vontade fazer essa leitura hahahha
    bjs
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oiii,
    eu sou muito noveleira sabe, mas não costumo procurar pra ver não, só vejo as que estão passando na tv. Mas essa parece ser legal, e é de época né, sou encantada por novela de época. Nunca li um post sobre novela kkkkk é uma boa ideia, bem diferente. Obrigada pela dica

    Xx

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Também adoro assistir novelas, mas prefiro seriados kkk' Ainda não conhecia essa novela, Coração Selvagem, talvez por ser mexicana e eu não assistir SBT. Mas gostei muito de toda a trama. Isso de troca de casais, achei muito legal e prevejo muitas intrigas kkk' Estou certa? Vou procurar para assistir!
    Um beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  12. Olá... tudo bem??
    Sempre fui noveleira, mas devo confessar que não me lembro de ter assistido essa novela... o nome não é estranho, mas eu era bem pequena na época, então não sei... de qualquer forma deve ter sido muito boa para você fazer essa postagem tão bonita e explicativa.... ultimamente não tenho tido tempo de assistir novelas, mas quem sabe um dia... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu não tenho o hábito de assistir a novelas. Na infância e adolescência eu via muito, mas hoje em dia perdi o hábito. Algumas novelas mexicanas eu até lembro o nome porque minha irmã gostava muito de assistir, mas essa, realmente, não consegui me recordar. Não sei se ela chegou a ver! Pelo seu post, parece ser muito interessante, ainda mais por ser de época.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que saudade dessa novela.
    Eu era apaixonada pelo Juan interpretado pelo ator Eduardo Palomo, mas não estava sabendo dessa versão de 2009 de Coração Selvagem.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Nossa, eu me considerava noveleira mas confesso que não assisti essa, não. O que tenho a dizer é que as novelas mexicanas, como um todo, têm aquele hábito de explorar os absurdos da personalidade de alguém (como no caso da ambição/maldade de Aimé) com naturalidade. Gosto muito de saber que tem gente confessando o gosto por essas produções <3 vou correndo atrás de algum lugar na internet que disponibilize Coração Selvagem. Fiquei louca para ver o Eduardo Palomo de pirada!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Ooi,
    Eu não era nem nascida quando essa novela foi ao ar kkk mas acho que já tinha ouvido comentários sobre. Gostei do post e achei a coluna muito interessante. Atualmente só acompanho a novela as sete por ser mais leve e engraçada que as demais na programação.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  17. Olá! como vai? Dizem que na época da novela Coração selvagem, a atriz Ana Colchero fez mais sucesso que a Edith Gonzalez e que a Ana, ofuscou muito o brilho da protagonista da história que no caso era a Monica interpretada pela Edith. mas também dizem que a Ana Colchero teve que morrer na novela, porque assim estava no lvro e também em outras versóes de coração selvagem, que foi por isso que ela teve que sair da novela, a Ana, não ofuscou o brilho de ninguém e que ambas as atrizes foram ótimas em seus papéis, que cada uma representou bem suas personagens. gostaria de saber o que é certo e o que foi fofoca na época da novela. se vc puder me responder, ficarei agradecido! abraços e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  18. Olá! como vai? Dizem que na época da novela Coração selvagem, a atriz Ana Colchero fez mais sucesso que a Edith Gonzalez e que a Ana, ofuscou muito o brilho da protagonista da história que no caso era a Monica interpretada pela Edith. mas também dizem que a Ana Colchero teve que morrer na novela, porque assim estava no lvro e também em outras versóes de coração selvagem, que foi por isso que ela teve que sair da novela, a Ana, não ofuscou o brilho de ninguém e que ambas as atrizes foram ótimas em seus papéis, que cada uma representou bem suas personagens. gostaria de saber o que é certo e o que foi fofoca na época da novela. se vc puder me responder, ficarei agradecido! abraços e fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wanderley, pelas minhas pesquisas sobre seu questionamento só posso deduzir que isso não passou de fofoca. Sabe como é a midia, adora inventar comparações, brigas... A verdade é que ambas se sairam super bem nos seus respectivos papeis, a Ana pode ter ganhado um pouco mais de destaque no inicio pelo fato de sua personagem ter mais atitude e tal. A personagem da Edith vai evoluindo com o passar do tempo e da evolução da história.
      Sobre a morte da personagem era isso mesmo, tinha que acontecer. :) Espero ter ajudado.

      bjus

      Excluir
  19. Muito obrigado, me ajudou bastante. também acho que ambas foram ótimas em seus respectivos papéis. ninguém ofuscou o brilho de ninguém. tanto Ana quanto Edith foram maravilhosas. abraços e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  20. Disseram na época da novela que Eduardo E Edithy tiveram um caso as escondidas. vc sabe se isso foi verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não posso afirmar nada, só quem sabe é eles e as pessoas próximas. Agora, se você quer minha opinião pessoal, acho que não. Mais enfim... é só achismos... kkk

      Excluir
  21. Nossa, que post bacana sobre Coração Selvagem de 1993! Assisti na época que passou em 2000 no SBT e, há 2 anos comprei DVDs de gravação caseira dela completa pela internet (em espanhol). É uma novela maravilhosa, não tem nada que ver com os folhetins mexicanos tradicionais. Os diálogos são incríveis, a química e as cenas entre os protagonistas são lindas e na medida certa, um erotismo cativante. Vi num dos comentários que diziam que Edith e Lalo (Eduardo Palomo R.I.P) tinham um romance às escondidas, na verdade era mesmo fofoca, o que acontecia era que eles já eram amigos pessoais desde antes da novela (cerca de 10 anos antes e já tinham trabalhado juntos no teatro), isso por si só já era um ingrediente na química dos dois. Mas, conforme dito pela própria Edith em entrevistas, eles eram vistos sempre juntos nos corredores de gravação, ensaiavam tudo, até os beijos. É bem provável que muitos que viam achavam que haviam algo mais e os jornalistas de fofocas buscavam qualquer informação. Lalo já namorava Carina (com a qual se casou após o termino das gravações na novela e que viveu até falecer). Edith e Lalo se encontraram semanas antes de ele falecer em 2003 num programa de TV porque na Itália estavam preparando uma continuação da história que havia sido um sucesso estrondoso por lá e os dois estavam fazendo uma pré divulgação (está disponível no YouTube).

    Patricia

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.