Sou Noveleira...#10 - Café com aroma de mulher



Café com aroma de mulher foi criada pelo renomado autor e produtor Fernando Gaitán e foi produzida pela rede RCN Televisión, sendo transmitida pelo extinto Canal A nos anos de 1994/95 na Colômbia. A novela  é considerada uma das mais exitosas do país, sendo que já foi adaptada em vários países hispanos. Com um enredo original, diálogos muito bem apresentados e protagonistas carismáticos, Gaitán, conseguiu unir uma série de elementos que fizeram da história de Gaivota, uma trama inesquecível.


A novela conta a história de amor entre uma colhedora de café- chamada Teresa Soares e posteriormente em uma segunda fase da novela, Carolina Oliveira - conhecida por todos como Gaivota (Margarita Rosa de Francisco) e um dos herdeiros Valejo, o Sebastião (Guy Ecker), membro de uma das famílias cafeeiras mais tradicionais da Colômbia. 

Gaivota junto com sua mãe Carmela, vive viajando entre as fazendas da Colômbia durante o ano como colhedoras de café. No mês de outubro, quando se realiza a colheita da fazenda Casablanca elas se assentam na mesma já que Otávio, dono da fazenda, sempre assegura o emprego delas. Acontece que o Otávio acaba morrendo e com isso os membros da família Valejo que estavam espalhados pelo mundo voltam para o funeral. Entre esses membros estava Sebastião, que logo se encanta por Gaivota. O curioso é que o personagem nunca tinha se envolvido intimamente com uma mulher e com a Gaivota ele acabou perdendo esse "medo".

O envolvimento deles é muito intenso e efêmero, os dois aproveitam como podem e entre os cafezais, ambos, vivem o primeiro amor. No entanto, as coisas começam a sair do controle quando Sebastião tem que voltar o Londres para terminar os estudos. Eles até combinam de se encontrarem novamente em um ano. Mas uma série de desencontros acontecem e mudam a vida dos dois para sempre.

Passado um ano depois que Gaivota e Sebastião se encontraram pela última vez, este último volta de Londres a procura dela, acontece que por um motivo Gaivota teve que ir embora para a Europa. Ele acaba descobrindo uma série de fofocas sobre ela e desiludido acaba se casando com Lucia. Gaivota, que agora se chama Carolina Oliveira, pouco tempo depois volta a Colômbia e acaba descobrindo que Sebastião se casou. Triste e também desiludida, ela e sua mãe, acabam indo embora da fazenda para tentarem uma vida melhor em Bogotá - capital da Colômbia.

Depois de uma série de dificuldades, Carolina consegue um emprego em uma companhia exportadora de café, mais precisamente a Cafexport, empresa que ela viria a descobrir depois ser da família Valejo. E é neste ponto onde a maior parte da trama vai ser desenvolvida. Afinal, a família Valejo vai acabar descobrindo quem ela é e por isso, tanto Carolina (Gaivota) como o Sebastião, enfrentarão grandes problemas com a Lúcia, esposa do Sebastião, e o primo do mesmo chamado Iván, que junto da esposa Lucrécia, irão fazer de tudo para que Sebastião não fique com a Gaivota e assim eles sejam os únicos a ficarem com a fortuna dos Valejo.  

Café com aroma de mulher deixou o lado mais fantasioso das novelas latinas e conseguiu representar de forma mais verossímil a realidade dos colombianos. É interessante que a mesma conseguiu mostrar uma Colômbia diferente do que estamos acostumados a ver até hoje- drogas, cartéis, etc. É tanto, que foi possível conhecermos com detalhes e embasamentos a produção e exportação do café, um dos grandes produtos que movimenta a economia do país. Sem falar que muitos puderam conhecer a cultura cafeeira da região e acabaram excursando no país, incrementando ainda mais o turismo local. Esse foi um dos méritos de Fernando Gaitán, criar uma história original bem amarrada que conseguiu aliar o campo - através das colheitas de café nas fazendas - e a cidade - com a empresa exportadora de café e da própria Confederação Nacional de Cafeteiros da Colômbia. 

Outro ponto bem explorado pelo autor foi os personagens. Margarita Rosa de Francisco teve em mãos uma das personagens protagónicas mais emblemáticas das novelas latinas. Gaivota era destemida, valente, inteligente e corajosa. Ela lutava pelo que queria. É tanto que de uma simples colhedora de café ela passa a ser uma executiva bem-quista no meio cafeeiro. O engraçado é que apesar de crescer profissionalmente ela não deixava o seu lado mais simples, amava o seu lado mais impulsivo e lutador e se tudo estivesse aliado a pequenas doses de água ardente e cantorias, ai é que gostava mesmoooooo! rs

Já o mocinho defendido pelo brasileiro Guy Ecker era o oposto da protagonista. Tímido, tranquilo e prudente, Sebastião, foi inseguro em alguns momentos. O ator conseguiu explorar o texto de maneira impar e deu um ar melancólico e triste que fizeram dele um personagem único. Essa era a primeira novela do Guy e sinceramente, não vejo outro ator que não ele, que seria capaz de empregar no personagem tamanha naturalidade e carisma. Outros personagens também se destacaram, como a Lúcia, o Ivan e a Carmela; interpretados respectivamente pela Alejandra Borrero, Cristóbal Errázurize e Constanza Duque. 

Uma coisa que sinto falta, como telespectadora de novelas mexicanas, é a falta de diálogos verdadeiros e coerentes entre os personagens, na trama criada por Gaitán esse não foi um problema, muito pelo contrário, isso foi um dos fatores que contribuíram para que a trama fosse lembrada até hoje. 

Para vocês terem uma noção do que estou falando, um dos diálogos que mais gosto na novela acontece quando o Sebastião aceita ser o gerente da Cafexport para trabalhar com a Carolina (Gaivota). A cena dura em torno de 11 minutos ininterruptos e um trecho da parte final dessa cena é o seguinte:


Genteeeeee, o que é isso meu Deus????? Esses diálogos, aliados a química dos protagonistas, fizeram com que os encontros de Gaivota e Sebastião fossem memoráveis. Essa cena é um desses momentos para mim

A trilha sonora da novela também é algo bem marcante, sendo que muitas músicas foram interpretadas pela Margarita Rosa de Francisco. Gaviota, tema de abertura da novela, Mal amor, Entre dos fuegos e As de corazones são as minhas favoritas- e foram interpretas pela própria atriz.

Com relação a produção em si é verdade que a mesma teve algumas falhas técnicas, mais para falar a verdade, diante de um enredo tão instigante e da falta de recursos monetários e tecnológicos da época, afinal, estamos falando de uma novela produzida na Colômbia há 22 anos, acredito que pode ser algo relevado.

Por fim, Café Com Aroma de Mulher foi uma novela cheia de reviravoltas, com personagens mais humanos e próximos a realidade colombiana. Unido de elementos certeiros, Fernando Gaitán criou uma história fresca, natural, sem exageros nas maquiagens, vestuários e cenas de sexo, enfim, a novela era didática, divertida, romântica. Foi a história ideal para os atores ideais. Simplesmente inesquecível.

19 comentários :

  1. Oie...
    Não assisti essa novela, mas, lembro que minha mãe assistiu e gostou.
    Adoro essa sua coluna!
    Beijo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Nath

    Essa novela é das antigas mesmo. Muito boa! Acho que uma das melhores novelas colombianas que já ouvi falar e olha que a Colombia costuma fazer umas boas novelas...

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não gosto de acompanhar novelas e nunca tinha ouvido falar dessa que você comentou. Mas sua postagem me deixou bem curiosa, ainda mais por imaginar sua grandiosidade. Deve mesmo ser inesquecível.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Oie! Nossa, eu lembro muito dessa novela, quer dizer, não do enredo e sim da música de abertura que tocava todos os dias, rs, eu era bem novinha, e adorei conhecer um pouco mais sobre o enredo. Eu adoraria poder assisti-la inteira hoje em dia, em primeiro lugar por se passar na Colômbia, um ótimo cenário, e também por se passar nos cafezais, e gostei ainda mais quando você menciona que foca muito na realidade desse país. Sensacional, parabéns por ter relembrado essa novela.

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca fui de assistir novelas e quando via eram só os últimos capítulos mesmo kkkk Eu não vi nem um capítulo dessa novela mas me lembro muito bem da música de introdução, lembro que passava direto nas propagandas (Gaivota, que voa longe, voa tão alto!) kkkk Acho que quem curte novelas ou curtiu essa, vai gostar muito do teu post. Super bem explicado e com muitos detalhes. Muito bacana essa ideia.

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Antes eu era fissurada por novelas, assistia quase todas, mas hoje não vejo nenhuma *-* Tinha visto o comercial desta novela no SBT algumas vezes, mas nunca tive vontade de assistir. O enredo é mesmo original, acho que nunca vi história igual ou parecida, gostei. Fiquei curiosa para assistir agora...haha' vou ver se acho os capítulos no Youtube.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Nath, tudo bem?
    Que delicia de post!
    Eu amo essas novelas latinas e essa é uma das minhas favoritas!
    Já Assisti ela várias vezes incluindo a última reprise dela no SBT!
    Eu amo os dois protagonistas e a história em sim!
    Fiquei até saudosa de ler sobre a novela agora!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  8. Lembro muito pouco dessa novela, acho que até reprisaram outro dia no SBT. Não sou muito de ver novelas, elas tem que me conquistar MUITO, para que eu faça uma pausa e fique grudada na telinha. rsrsrs
    Gosto das novelas latinas, mas ainda acho que as brasileiras dão um show. As novelas de língua espanhola são muito caricatas e mesmo assistindo versões mais nova ainda acho isso. Mas minha queridinha ainda é A Usurpadora.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oie!!!!
    Nunca fui de assistir novelas, mas quando li sobre qual novela que você ia resengar na mesma hora veio à minha mente a "chamada" do SBT "Café com Aroma de Mulher"!
    Pelo que pude notar de sua resenha, por essa ser uma novela com tema e produção na Colômbia, sua trama parece ser um pouco diferente das novelas mexicanas, que na minha opinião são um pouco apressadas e como bem mencionado em sua resenha "rasas e sem muito conteúdo".
    Acredito que época na qual foi produzida ela deve ter sido um marco e um orgulho para a tv colombiana.
    Dá para perceber pela forma como você escreveu a sua resenha que esta é uma de suas novelas "xodós"!
    Amei o titulo da sua coluna e vou indicá- la a uma amiga que vomo vc "é noveleira" pra acompanhar!

    Bjinhos ;)

    Elaine M. Escovedo

    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que legal a sua opinião tão bem desenvolvida sobre essa novela. Eu não a conhecia, sabe? Claro que já ouvi falar e até a vi passar na Tv, mas não me interessava... Na verdade, ainda não me interesso por novelas. Mas do modo como você analisou criticamente o enredo e, principalmente, a realidade das mulheres colombianas que foi transmitida nessa novela, confesso que me interessaria em assisti-la um dia. :)

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, não assiti essa novela porém a voz do locutor do SBT veio na hora em minha cabeça quando eu li "Café com aroma de mulher " . Minha vó assistia não perida um capítulo e falava que queria um Sebastião na vida dela que era um homem encantador e de personalidade forte. Perguntei ela o que mais lhe chamava atenção dessa história ela disse que não se parece com aquelas novelas mexicanas lotada de drama e mais drama e sim um novela com um toque realista . Beijos !

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bom?
    Adorei essa novela quando passou, aliás, adoro todas essas novelas mexicanas! rs Adoro as novelas com o Guy, sendo que a minha preferida dele é Feridas de amor <3 Adorei saber que ela analisa a realidade das mulheres colombianas,que infelizmente não mudou muito né? =/

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  13. Oi *--*

    Ahhhhhhh que amor me forma de post. Assisti as duas vezes que passou no SBT essa novela e me lembro que ficava cantando a musica da gaivota sempre que passava. Deu até saudades de ver depois do seu post <3

    Bjos
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-trama.html

    ResponderExcluir
  14. Oi...
    nunca ouvi falar dessa novela rs' e eu não sou muito fã de novelas, ainda mais essas que passam no SBT rs'.. o post está lindo e muito bem explicado sobre o enredo. Parabéns!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, de que mundo você veio? Daqui a pouco vai falar que não conhece Usurpadora hahahahahaha, essa novela fez um Mega sucessinho Tah. Mas, te compreendo, chega uma hora na vida, que novelas são abandonadas haha

      Excluir
  15. Oi, seu post tá ótimo e lindo. Eu não curto mais novela, então não me atingiu tanto, mas, novela é um entretenimento como qualquer outro e as pessoas tem se sentido "julgadas" por serem noveleiros, não se sinta. Afinal, não é porque eu fiquei sem tempo que todo mundo precisa ficar, haha. Bjs Tayletitshine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Também sou mega noveleira!! Adorei seu post. Não assisti essa novela e adoraria uma releitura. Dessa e de O cravo e a rosa. Foi incrível!
    Beijão, Mari

    ResponderExcluir
  17. Essa foi , sem dúvida a melhor novela q assisti na minha vida !!!!nuca mais vou me esquecer dela assisto até hj pelo You Tube foi marcante demais impossível não se apaixonar amo a música Así e aroma de mujer cantada pela atriz Margarita rosa na novela !!!Parabéns pelo post foi procurando saber mais um pouco sobre cafe com aroma de mulher q vi seu post amei!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa novela foi muito especial, marcou uma época da minha vida. :)

      Que bom que você gostou do post.

      Beijos

      Excluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.