Meus filmes favoritos: Especial Dirty Dancing (1987)



Eu não sei vocês, mais ultimamente estou sem paciência para acompanhar filmes, séries ou até mesmo novelas. No caso dos filmes a coisa piora, acho que nesses dois últimos anos se assisti 10 filmes inteiros foi muito. Não sei o que acontece, as vezes o filme é até bom, mas acaba não me cativando. Lembro que quando era mais nova comprava dezenas de DVD´s e esses geralmente era regrados a uma boa dose de comédia, músicas e principalmente, muitooooo romance.

Deste mesmo período me apaixonei por várias histórias e que até hoje ainda são imbatíveis para mim. Pensando nisso, decidi escrever um pouco sobre esses filmes que me marcaram e espero que gostem. O primeiro que escolhi para falar nesse especial é uma das minhas primeiras paixões. Estou falando de Dirty Dancing - Ritmo Quente.

Dirty Dancing-Ritmo Quente



O filme foi lançado em agosto de 1987 nos EUA, mais sua história se passa na década de 1960. Nele conhecemos Frances Houseman, ou melhor dizendo, Baby. Uma jovem adolescente que viaja com os pais e a irmã para um resort em Catskills. Baby, diferente da irmã que só pensa em roupas e andar na moda, é uma idealista que apesar de vir de uma família de condições, pensa em entrar para o corpo da paz para estudar a economia do terceiro mundo. Cansada de ter que tratar com os hospedes mais velhos do resort, em uma noite ela acaba se deparando com uma festa realizada pelos funcionários do hotel. Lá ela conhece um ritmo de dança totalmente diferente do que já tinha visto e é lá que Baby conhece Johnny Castle, o professor de dança do hotel. Ela fica encantada por ele de cara e quando a parceira de dança de Johnny fica grávida, Baby se oferece para aprender e substituir ela em um concurso de dança. O problema é que tudo tem que ser feito as escondidas pois o pai de Baby nunca aceitaria que a filha estivesse dançando, ainda mais com pessoas de classe econômica inferior a dele. Acontece que mais que a dança, surge entre eles, um amor de verão que ficará marcado para sempre na vida deles, assim, como o filme ficou marcado e se tornou um dos grandes clássicos dos anos 80.



Antes que pensem que sou mais velha do que sou, deixe eu falar que quando o filme foi lançado ainda não tinha nem nascido. Sou geração anos 90! :) Acontece que na minha adolescência era acostumada a ver filmes dos anos 80, 90 e inicio dos 00. Mesmo assim, acho que quem tem entre 20 e 40 anos deve se lembrar bem desse filme, afinal, já passou tantas vezes na sessão da tarde da globo que acho difícil alguém não ter visto ou ter escutado algo sobre. Enfim, voltando ao que interessa.

Dirty Dancing foi sucesso e se tornou o que foi graças a junção de dois fatores que deram mais do que certo: a dança (e a trilha sonora mais que perfeita) e o elenco afiadíssimo (especialmente os protagonistas). Este último em especial é o que mais gosto. Não consigo ver outra atriz que não a Jennifer no papel da Baby, assim como, também não vejo nenhum ator no lugar do Patrick. Dizem que eles não se davam bem nos bastidores, não sei se de fato isso aconteceu, se sim, isso não transpareceu na tela. A química dos dois era maravilhosa, para mim, os dois estão no top five de casais (de filmes) que são 'A' combinação perfeita.


O enredo é simples, mais de fato, é um encanto. Deixa nos telespectadores (especialmente no publico feminino) uma sensação de aventura, de primeiro amor. As cenas apesarem de serem simples são inesquecíveis pelo público. Afinal, quem é  que não se lembra da cena em que Baby dança com o Johnny pela primeira vez? Quem não se lembra da cena do lago? E a mais emblemática de todas, a cena de dança no final com a música (I've Had) The Time of My Life? Essas cenas foram muito bem trabalhadas e coreografadas magistralmente pelo coreografo Kenny Ortega.

Uma coisa interessante de se destacar é que o filme aborda a questão do aborto, claro que de forma pequena e superficial. Mais se levarmos em conta o ano em que o filme foi lançado, o fato de que na época poucos estados americanos tinham autorizado a legalidade do aborto e de que até hoje o mesmo é um assunto polêmico, podemos ver que o filme procurou ir um pouco além. E olhe que pelo fato da  produtora ter se negado a tirar esse tema do enredo, perdeu um dos grandes patrocinadores e o filme quase que não saía do papel.

 Sobre a trilha sonora é impossível não se apaixonar. (I've Had) The Time of My Life é o carro chefe do filme, não é atoa que ganhou Oscar e Globo de Ouro de melhor música original. Eu simplesmente sou apaixonada e sei a letra de có (agora, melhor que cantar ela é se imaginar dançando a coreografia do filme. kkkk Confesse, se você já assistiu o filme alguma vez já deve ter se pego imaginando no lugar da Jennifer...). Em She´s Like The Wind o Patrick arrasa, sempre que escuto lembro do Johnny indo embora e Be My Baby sempre vai me lembrar da cena em que ambos interpretam a música das The Ronettes. Enfim, cada música nos remete a um momento especial do filme. E gosto de todas!

Por fim, poderia ficar aqui falando e falando sobre os motivos que me levaram a ter o filme como favorito, no entanto, vou parar por aqui pois preparei uma lista imensa de curiosidades para quem quiser saber mais sobre ele. Vamos nessa!

Curiosidades:

1- Linda Gottlieb, produtora dos estudios Metro Goldwyn Mayer nos anos 80, convidou a escritora Eleonor Bergstein para conversar sobre ideias de filmes, Depois de escutar que a ideia original de Bergstein não “andava” muito bem, Gottlieb, deu um grande giro no rumo da conversa, ela relata: - Eu disse, olha, qual é a história: Ela me respondeu: - Na verdade não tenho uma história, mas sei que incliria danças latinas.... Assim que mudei de tema e pedi que me contasse coisas de si mesma. Ela me disse que cresceu no Brooklyn, que seu pai era médico e que era uma dessas garotas que gostava de escutar músicas latinas sensuais (dirty dancing em inglês).
Eu disse: - Esse é o titulo do milhão! Agora você tem que pensar na história. Nós inventamos o Johnny Castle nesse encontro.

2- A roteirista do filme, Eleanos Bergstein, baseou o enredo do filme em parte da sua vida. Ela foi uma dançarina de Mambo, participando de competições ao estilo “Dirty Dancing”. Também foi instrutora em um estúdio de dança durante seus tempos de universidade.

3- O papel  de protagonista masculino estava praticamente reservado a Billy Zane (ator de Titanic), no entanto, nos testes ele não demostrou ter quimica nenhuma com a Jennifer, Por isso, mesmo o Swayse tendo 34 anos naquele momento, 10 anos a mais que o personagem tinha no enredo original, ele acabou ficando com o papel. Sem falar que o Patrick Swayze além de atuar era também  um bailarino da Companhia de Dança de L.A.

4- Patrick Swayze canta e ajudou a escrever a música She's Like the Wind, que ganhou vários prêmios.

5 - Patrick Swayze, que morreu em 2009, escreveu em sua biografia que considerava o filme "água com açúcar".

6- Jennifer Grey, que interpreta Baby no filme, é filha de Joel Grey, dançarino e ator oscarizado por "Cabaret".

7- A atriz, Jennifer Grey, já tinha o rosto conhecido pois em 1986 atuou em "Curtindo a Vida Adoidado" como a irmã que atormentava a vida de Ferris Bueller (Mathew Broderick), um dos personagens mais queridos pelos adolescentes da década de 80.

8- A protagonista Baby tem 17 anos no filme, mas Jennifer Gray, atriz que a interpreta, tinha 26 quando realizou o papel.

9- Em sua autobiografia, Patrick Swayze contou sobre sua relação com a Jennifer Grey. Segundo ele, a atriz era muito sentimental, chorava bastante quando era criticada e era, as vezes, descompromissada. Swayze admitiu que perdia bastante a paciência.

10- Dizem que o Patrick e a Jennifer se odiavam nos bastidores (o que não acho dificil de ter acontecido levando algumas opiniões que ambos já deram, anos depois, na midia). E isso vinha de trabalhos anteriores, já que eles tiveram a oportunidade de atuar juntos em Red Dawn (Amanhecer violento no Brasil).

11- A principio, o pessoal da produção não gostou do resultado das primeiras edições do filme. É tanto que cogitaram lança-lo diretamente em DVD. Jennifer Grey uma vez comentou: “Quando fizemos , parecia que estavamos abaixo do radar (produções) e pensamos que ninguém  ia vê-la.  Nos torturamos por nada”.

12- O filme se passa no verão americano, mais aconteceu de algumas cenas serem postergadas, obrigando assim, que a produção gravasse em outubro. Tem uma cena em que os protagonistas ensaiam em um campo todo verde, acontece que neste período as folhas caem e ficam marrom, então, para disfarçar um pouco, a produção teve que pintar as folhas de verde com um spray.

13– O filme foi relançado nos cinemas americanos em 1997, após uma grande campanha feita por telespectadores através de um programa americano de entrevistas. 

14- Uma das cenas mais lembradas é de quando Baby ensaia com o Johnny em um lago. Acontece que esse lago estava muitoooooo frio. Patrick Swayze descreveu o processo da cena da seguinte forma: -Esse lago estava terrivelmente frio, e tivemos que gravar à cena mais de uma vez. Mesmo que Jennifer pesasse pouco, quando se levanta alguém da água várias e várias vezes, até um corpo pequeno pode parecer que pesa 200 quilos. Quando terminamos a sequencia, meus braços pareciam de goma e minha temperatura corporal estava muito baixa.

15 - O orçamento de Dirty Dancing foi de apenas seis milhões de dólares. E o mesmo conseguiu arrecadar mais de 210 milhões de dólares pelo mundo.

16- O filme ganhou o Oscar e o Globo de Ouro na categoria de melhor canção original com a música (I've Had) The Time of My Life.

17- O diretor proibiu o elenco protagonista  de ter qualquer classe de contato fora do local de gravação. Com isso, ele esperava poder recrear melhor a sensação de paixão e "primeira vez" que tão bem se transmite na tela. Tensão sexual muito bem aplicada.

18- Um dos principais patrocinadores do filme se retirou quando a produtora do filme se negou a tirar a trama secundária do aborto.

19- Outro ponto marcante do filme é a bela escolha da trilha sonora que vem misturada com músicas dos anos 60, como a graciosa "Be My Baby" e anos 80 como "Hungry Eyes" e "She Likes the Wind" .

20- A canção "She's Like the Wind", que recebeu diversos prêmios, é cantada pelo próprio Patrick Swayze e foi co-escrita por ele.

21 – As cores das roupas do casal central são propositalmente contrastantes; enquanto a moça veste roupas de cores leves e alegres, o rapaz veste sempre de preto ou cores escuras.



22- Mesmo que a Jennifer Grey e o Patrick Swayze fizeram esse salto na primeira tentativa, Grey se negou a praticar o salto durante os ensaios. Ela ensaiava a dança e parava antes de acontecer o salto. A atriz uma vez disse que tinha muito medo e que por isso só se atreveu a fazer o salto na hora de gravar a cena.

Salto mencionado no item 22.

23- O diretor do seriado musical Glee, Kenny Ortega, começou sua carreira como coreografo do filme.

24- O filme teve uma nova versão com atores diferentes em 2004, Dirty Dancing: Havana nights, mais não teve o exito esperado. Em 2012 surgiu um boato de que fariam um remake do filme, acontece que as coisas ficaram paradas e o projeto não seguiu adiante.

25- No final de 2015, vários sites chegaram a afirmar que a rede de televisão americana ABC estava preparando uma nova versão do clássico para a TV que teria três horas de duração, a atriz escolhida para o papel de Baby foi a Abigail Breslin.
Abigail Breslin (primeira foto)

Trilha Sonora:


Cena Favorita:

Cena Deletada Maravilhosa:

Fontes: FONTE IFONTE II e FONTE III

14 comentários :

  1. Oii, tudo bom?
    Eu AMOOOOOOOOO de mais esse filme. Lembro que quando era criança assistia toda vez que passava na Sessão da Tarde e quando fiquei mais velha finalmente criei vergonha cara para comprar o dvd e assistir sempre que quisesse. A minha cena favorita também é, de longe, a dança final, rs. É meio triste saber que os dois protagonistas se odiavam nos bastidores, apesar de não ser exatamente surpreendente considerando algumas cenas no filme também e.e Fico imaginando como os dois conseguiam fazer as cenas românticas apesar disso.
    Enfim, adorei o post! Maravilhoso! Amei todas as curiosidades que você postou *-* Deu até vontade de assistir tudo de novo <3
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    Não conhecia o filme, mas, pelos seus comentários deve ser realmente bom!
    Vou procurar pra assistir :)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse filme e já assisti inúmeras vezes. Adoro a atuação dos personagens e as cenas desenvolvidas. Sua postagem ficou maravilhosa, e me deu até vontade de rever o filme.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Geeenteeee! Eu simplesmente amo esse filme! Não importa o tempo, sempre tenho aquela sensação prazerosa ao assisti-lo. Sempre espero pelo momento em que Johnny enruga a testa cantando na cena final. Lindo demais!
    Não sabia que eles não se davam bem nos bastidores. Em cena, eles realmente arrasaram e não transpareceram esse detalhe. Adorei saber mais.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    AMOOOOOOO esse filme, todas as vezes que está passando eu estou assistindo. Quem me apresentou foi a minha mãe, há muito anos atrás. É simplesmente maravilhoso.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Sempre adorei este filme e quando era mais nova, achava ele mega sensual... A atriz deveria ter feito mais coisas, porque ela é mega carismática e excelente atriz. Adorei as curiosidades e não sabia que o Zane era cotado para o principal.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tudo bem?
    Amei, amei o post! Adoro esse filme, mesmo que já tenha assistido milhares de vezes nunca canso. Eu e minha mãe sempre vejo novamente. Adorei saber das curiosidades, tudo muito interessante. Esse é um clássico incrível e é eterno! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Nossa, como amo esse filme, acho que ele foi a união perfeita de duas coisas legais.
    Sempre que eu posso eu o assisto, pois adoro, de verdade. Assim como você, não tenho tido paciência para assistir muitos filmes/séries ultimamente.
    Curti muito as curiosidades apresentadas por você. Vou até ali assistir de novo.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Dirty Dancing *-*, é um filme tão maravilhosa, desses que nos causam suspiros e com um uma trilha sonora incrível. Eu também não sou tão velha assim , mas sou apaixonada por esse filme e achei muito bacana relembrar ele aqui e saber mais sobre aa curiosidades do filme!
    Adorei.
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Dirty Dancing *-*, é um filme tão maravilhosa, desses que nos causam suspiros e com um uma trilha sonora incrível. Eu também não sou tão velha assim , mas sou apaixonada por esse filme e achei muito bacana relembrar ele aqui e saber mais sobre aa curiosidades do filme!
    Adorei.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Oi,

    Que delícia ler suas reflexões sobre este filme que eu amo. Patrick Swayze foi um grande ator e lutou bravamente contra a doença. Este filme entrou para os clássicos d cinema porque é muito bom. Adorei ler as curiosidades.

    Bjos
    Juci Pauda
    queroinspiracao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá. Não sou muito de assistir filme, mas já vi algumas partes desse filme na globo. Mas enfim, não curto muito o gênero do filme confesso. Mas para quem gosta, não deve se arrepender de assistir. E concordo com você, a trilha é maravilhosa.
    Beijos e sucesso.

    ResponderExcluir
  13. Oii!
    Encontrei esse post ali nos populares do Blog e pense na minha felicidade! Amoooo esse filme! É tb um dos meus favoritos da vida ♥♥♥♥
    Assisto sempre que posso e nunca me canso!!
    Abraço!

    http://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Menina, estava passeando pelo seu blog e vi esse post na lista de mais populares e quase enlouqueci pois ele caiu como uma luva pro meu momento atual de vida! Já tinha assistido esse filme algumas vezes nas sessões da tarde da vida mas recentemente o redescobri e foi amor à primeira vista, vício sem fim. Como não se apaixonar pelo rebolado de Patrick Swayze ou pela atuação da Jennifer Grey? Isso sem falar nos personagens maravilhosos a quem eles dão vida, na trilha sonora fantástica, nas maravilhosas coreografias... o filme todo é uma excelente combinação de sucessos. Uma afirmação meio fanática, eu sei, mas é impossível não amar esse filme.
    Beijos!

    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.