O Vento me disse...#36 - Liberta-me - Tahereh Mafi



Liberta-me
Autor (a): Tahereh Mafi
N° de páginas: 448
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Trilogia: Estilhaça-me #02
Skoob: aqui
Comprar: aqui  

Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.
Quem já deve ter lido alguma coisa sobre Liberta-me da Tahereh Mafi sabe que a história gira entorno da personagem da Juliette, neste segundo volume lançado aqui no Brasil pela Editora Novo Conceito, vemos essa personagem tentando se adaptar ao Ponto Ômega, o quartel general da resistência e aos moradores que nele vivem- que assim como ela também possuem poderes especiais.

Pelo início da trama mostrar essa adaptação da personagem acabou que esta pessoa que vos escreve, tivesse a sensação de que as coisas andavam e andavam mais não saiam de lugar. No entanto, quero deixar claro que para minha felicidade, do meio ao fim da história às coisas passaram a tomar um ritmo bem mais acelerado que me deixou contente para terminar a história, mesmo ela tomado um rumo diferente do que eu imaginava e esperava.

Neste volume, a autora nos mostra quão forte é a Juliette, mesmo em comparação aos outros membros do Ponto Ômega, sabemos também, que este poder de uma certa forma afeta o Adam, aquele a quem ela mais ama e que parecia ser imune ao seu poder. Isto, vamos descobrir, vai gerar grandes angústias para a personagem, que fica com os sentimentos cada vez mais divididos entre o amor que sente pelo o Adam e a atração existente pelo Warner - que se intensifica a partir do encontro com este último personagem (e que não será descrito aqui pois seria considerado um spoiler. hehe)

Falando em Warner, acredito que o mesmo merece uma análise a parte pois ao meu ver é o personagem mais interessante da trama, é contagiante observar como apesar dele mostrar o que sente pela Juliette o mesmo não nega o lado negro de sua natureza- ainda que ela tente mostrar que na verdade ele é o que é por não ter tido uma chance de ser diferente, de não ter tido o carinho daqueles que deveriam apenas amá-lo. A verdade meus amigos, é que ele não é o mocinho, quem já leu Estilhaça-me sabe que ele foi capaz de atitudes que estão no limite daquilo que poderia ser considerado maldade ou simplesmente loucura. Eu gostei disso no primeiro livro e gosto disso no segundo - por mais que a autora não explore tanto esse lado mais obscuro e procure mostrar um outro lado do personagem. Afinal, ninguém é mau e nem bom totalmente. Definitivamente, esse foi e ainda é o meu personagem favorito da trilogia.

Sobre a Juliette pude observar uma evolução - mesmo que pequena - durante a trama. Sempre presa ao que os outros pensavam ou em que problemas às pessoas enfrentariam por causa dela vi que a mesma conseguiu se libertar um pouco dessas inseguranças que a prendia e que em determinados momentos se tornava uma coisa irritante ao meu ver. 

Já em relação ao Adam, eu gostei ainda mais dele pois o mesmo mostrou ser um cara de bom caráter, apaixonado e amigo, todavia, ficou claro que a relação dele com a Juliette vai se esfriando durante a trama e quando o Warner chega ao Ponto Ômega ai é que isso se intensifica- devo confessar que isso não foi um problema para mim que sempre preferi o Warner desse "triângulo", no entanto, sei que para quem torcia pelo Adam e a Juliette juntos, não deve ter gostado muito do rumo que a autora deu a trama.

A narrativa da obra continua sendo em primeira pessoa- e foi amenizado alguns vícios como a repetição das palavras e o uso das mesmas escritas dessa maneira, um mecanismo utilizado pela autora para frisar o pensamento da protagonista-, o que ao meu ver é o ideal para se narrar à história que foca, mais que o primeiro livro, no romance e também aborda à questão distópica nos momentos em que trata do movimento organizado pela resistência contra o sistema opressor e totalitário em que a trama é ambientada.

Por fim, os desafios que a Juliette enfrenta são muitos e necessários para o desenvolvimento da história, tenho certeza que quem gosta de livros distópicos devem apreciar ainda mais essa leitura. A Tehereh, ao meu ver, mesmo não conseguindo se superar soube manter uma coerência na história e o que é melhor, soube despertar o interesse do leitor (no meu caso pelo menos :) em saber mais o que vem pela frente. 

Primeira edição de Liberta-me lançado em 2013 e as novas edições da trilogia lançados em 2014 pela editora Novo Conceito:

27 comentários :

  1. Ola ainda não li essa trilogia, mas li muitos elogios, e fiquei aqui imaginando essa protagonista sozinha sem poder tocar em ninguém, realmente ela é muito guerreira As capas estão lindas e já estão em minha lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é complicado pra ela não poder tocar em ninguém, no entanto, te aviso... existe alguém que consegue anular esse poder e consegue tocar mais do que a mão dela, se é que entende...kkkkk

      bju

      Excluir
  2. Oi...
    Adorei sua resenha !
    Já vi muitos elogios dessa série , mas , até hoje nem comecei a ler rsrs...
    Quem sabe um dia ...
    Beijos

    coisasdediane.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Perdi o "time" para ler essa série e hoje não consigo ter vontade sabe?
    Pena que não atingiu em cheio suas expectativas.
    Amei a resenha
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diane e Rizia, espero que um dia vocês consigam ler e espero que gostem. O livro é bom apesar de alguns pequenos detalhes.

      bju

      Excluir
  4. Olá, Nathalia.
    Infelizmente essa trilogia deixou muiot a desejar na minha opinião. O primeiro livro enrolou bastante, mas terminou de forma espetacular. E dai começa esse e é enrolação só. Achei que ia ter aquela pegada x-men, mas nada. E também não gosto do Warner. Não sei o que tanta gente viu nele. A autora teve o desplante de mudar a personalidade do Adam, deixando ele um chato para fazer com que desse certo um romance entre os dois. Mas essa é só minha opinião hehe. Ah, e não gostei de terem mudado as capas no meio da trilogia, mesmo a editora cedendo jackets para quem já tinha as outras edições.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, confesso que também esperava um pouco mais desse segundo livro, como não li o terceiro não posso opinar mais sobre a trilogia como um todo. Sobre o Warner, mesmo com toda a loucura que foi apresentada no primeiro livro ele foi o personagem que me chamou mais atenção, mesmo o Adam sendo um fofo, e isso eu não sei te explicar o porque. kkkk Sobre o Adam se tornar meio chato eu devo concordar com você que a autora fez isso na maior cara dura, para quem gostou dele no primeiro livro deve ter odiado isso. E sobre a mudança das capas eu concordo com você, mais sinceramente, isso é o de menos pra mim. hehe

      bju

      Excluir
  5. Oi Nathalia,
    Ainda não li essa trilogia, e não deveria ter lido a tua resenha, mas a curiosidade falou mais alto e quando eu percebi já tinha devorado a tua resenha inteira!!!!

    Devo dizer que em nada me desagradou saber certas coisas do segundo livros antes de ler o primeiro, pelo contrário, tua resenha me deixou ainda mais curiosa!

    A droga é que sempre tem tanta leitura que eu nunca chego neles...e olha que eu tenho os 3!

    Vou dar um jeito de ler em seguida!!!!

    ótima a sua resenha!!!

    bjs

    Eu Pratico Livroterapia


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, sempre tento falar do livro sem dar spoiler, por isso não se preocupe com as minhas resenhas. Se por acaso um dia tiver, eu deixo o aviso. Enfim, fico feliz que a mesma tenha lhe despertado a curiosidade de ler o livro, espero que goste viu.

      bju

      Excluir
  6. Simplesmente AMO essa distopia ! Prepare para o outro volume RSrs e infelizmente último :( a autora escreve tão bem que para mim poderia ter mais e mais livros RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou ansiosa para ler o terceiro Luiza, espero que eu goste.

      bju

      Excluir
  7. Eu amo essa trilogia! E tenho que dizer que o Warner é o meu personagem preferido. No começo ele te dá raiva, depois te dá pena e depois te atrai de um jeito que não tem como não torcer por ele kkkk
    Comentário a parte para essa capa que ficou horrível! Ainda bem que a editora fez jackets com a capa original para os primeiros livros.
    Enfim, adorei essa trilogia do começo ao fim. Leia o último que é o melhor ;)
    Beijos!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cassia, não achei essa coisa horrorosa nas capas das primeiras edições, mais enfim, espero que eu goste mais do terceiro livro, que pelo que vejo, você gostou bastante.

      bju

      Excluir
  8. Olha eu ainda não li esse livro, mas estou bem interessada, porque todos tem comentado muito bem sobre essa série.
    Eu ainda não o peguei por falta de tempo mesmo. Tenho várias séries aqui para serem lidas, mas eu vou deixar para o ano que vem, porque agora entrando dezembro vou dar uma diminuida, pois ando bem cansada viu?! Mas mesmo assim curti sua resenha e espero ler em breve...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/memorias-literarias-como-assim-dez-anos.html

    ResponderExcluir
  9. Oiee!!!
    Eu tenho Estilhaça-me aqui comigo, mas ainda não li =S
    Tenho muita curiosidade em entrar nesse mundo distópico, mas como não tenho as continuações
    estou adiando!!
    Adorei sua resenha, e apesar das ressalvas ainda continuo bem interessada na série!!
    As edições novas estão muito mais bonitas do que as antigas rs!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiee.
    Desde que foi lançando a segunda edição, fiquei muito curiosa para conhecer a trama, mas ainda não foi possível. Sua resenha me deixou bem curiosa, mas com receios também e por isso vou ler com poucas expectativas.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiii Silvana, Suzi e Fernanda! Espero que vocês tenham a oportunidade de conhecer essa distopia que ao meu ver é boa. Fico feliz que vocês tenham despertado o interesse lendo essas poucas palavras que escrevi.

      bju

      Excluir
  11. Ai, te confesso quando li o primeiro me enchi o saco justamente por causa daqueles momentos em que a personagem ficava falando e depois vinha aquelas frases marcadas como você colocou ali no texto. E você diz que no segundo tem menos disso. Mas não conseguiu me prender e larguei a leitura, acredita? Achei chato e monótono e olha que está até para virar seriado... mas comigo não rolou.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice, neste segundo volume a autora diminuiu essas frases riscadas e as repetições que tanto ela usou no primeiro, ainda bem. kkk :) Sobre os livros se tornarem uma série para a TV fiquei sabendo disso também, espero que os atores sejam bons.

      bju

      Excluir
  12. Olá! A premissa dela em si, não me chama a atenção. Eu li os 3 primeiros capítulos e achei muito enfadonho e abandonei a leitura. Beijos

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Primeiramente, preciso dizer que AMO Estilhaça-me é um dos meus livros favoritos da vida. Como não gosto de saber muito dos livros que vou ler, comi a leitura de boa parte da sua resenha.
    Mas acho que a Juliette passa sim por muitas provações e que elas são essenciais. Espero gostar da leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Bruna, não acho que ler a resenha seria um problema pois ao meu ver não deixo nenhum spoiler, mais te entendo em não querer saber muito e deixar para saber das coisas só quando for ler realmente o livro. Então, boa sorte.

      bju

      Excluir
  14. Acho que é interessante quando a gente consegue notar evolução nos personagens principais e você diz que a Juliete evolui nesse, então é um ponto positivo assim como o livro deixar a vontade de querer ler o próximo. Mas não consigo deixar de pensar que normalmente o segundo livro de uma trilogia acaba sendo sempre meio morno e de algum modo foi o que me pareceu com esse livro.
    Sabe que esse foi um dos poucos livros da Novo Conceito que não chamou minha atenção?
    Mesmo na época do lançamento do primeiro livro e com toda a divulgação eu não fiquei querendo ler e a cada resenha que leio (de qualquer um dos três livros), infelizmente não me fazem mudar de ideia.

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena Lica, comigo foi contrário, eu ficava... "um dia vou ler esse livro e tal". kkk Não vou te dizer que o livro é um super favorito, ou que não existe falhas, pelo contrário, acho que algumas coisas fizeram com que a obra que tinha um potencial enorme ficasse no meio do caminho. Mais no geral, acho que o livro é bom e merece ser lido, principalmente para aqueles que curtem distopias.

      bju

      Excluir
  15. Olá!
    Eu li esse livro assim que lançou, mas confesso que esqueci muita coisa da história. Vou ter que ler tudo de novo. Eu tenho todos os livros da trilogia, só não tive tempo de ler tudo. O que eu sei é que na época que li fiquei de queixo caído e louca para ler a continuação.
    A história é impactante.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nao li essa serie nao me chama a atencao sabe sua resenha ta otima viu ^^
    Essas capas antigas eram bem feinhas rs

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen e Naiara, mesmo tendo opiniões diferentes com relação ao livro, espero que um dia vocês possam (re)ler e gostar da história. :)

      bju

      Excluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.