Mais que literatura... #02 - Dicas para apresentação de TCC



Olá, leitores! No mais que literatura de hoje vamos falar sobre algo que aterroriza 10 de cada 10 estudantes quando estão na faculdade (e olhe que os que ainda nem estão também viu... kkk), estou falando da apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso, mais conhecido como TCC.

Não sou uma especialista no assunto e tal, por isso logo aviso, o que falo é com base na minha experiência. Posso até ter tirado uma nota maravilhosa no meu trabalho, mais tenho a certeza de que poderia ter me esforçado e se saído bem melhor do que fui, enfim, vamos ao que interessa realmente.


Quando pensei em criar essa coluna, sempre tive a ideia de que a mesma seria a principal porta aqui no blog para falar de assuntos que não fossem apenas sobre livros e afins. E nesses  dias, um amigo me perguntou como eu me preparei na hora de apresentar meu TCC. Falei tudo pra ele e me questionei, porque não postar no blog? Por isso, a seguir, cito algumas dicas que acho interessantes pra quem quer se preparar e diminuir (pois isso é inevitável...rs) a ansiedade no dia da apresentação. Vamos lá? 

1 - Estude o trabalho: 



    Pode parecer brincadeira e a coisa mais lógica do mundo, acreditem, estudar o trabalho mesmo depois de feito é super importante (pasmem...é algo que nem todos fazem!). O estudo irá permitir que você tenha ainda mais propriedade sobre o assunto e aumentará a sua confiança na ora de expor suas experiências. Pode ter a certeza que a banca avaliadora perceberá o seu esforço e entenderá que você sabe sobre o assunto e que realmente você fez o trabalho (por incrível que pareça sabemos que nem todos os fazem - se é que me entendem...). 

2 - Faça um roteiro de apresentação: 



Agora que você estudou todo o trabalho, faça um roteiro (escrito). Comece o mesmo por uma breve introdução (neste ponto procure falar o tema, seus objetivos, justificativas e metodologias), depois aponte quais foram os resultados alcançados com a sua pesquisa e por último faça a conclusão sobre o trabalho. ATENÇÃO: Lembre-se que existe um tempo limite (geralmente de 15 a 20 min) para apresentar o estudo, por isso procure ser objetivo e preciso, dúvidas poderão ser explanadas depois da apresentação.

3 - Slides “limpos”: 



Isso é algo que sempre ouvi dos outros veteranos mas nunca dei a devida atenção, quando precisei aplicar na minha apresentação achei super difícil, esses tão falados slides. Sempre queria colocar mais um texto aqui e outro ali... aff. E isso minha gente, não pode, ou melhor, não DEVE acontecer. Quando mais “limpo” estiver, melhor fica, use estruturas de tópicos (principalmente se tiver alguma data que você ache complicado de lembrar) e use imagens, tabelas, quadros, etc. Tudo ainda fica melhor com o uso do roteiro, ou seja, você sabendo o que quer falar na introdução, desenvolvimento e conclusão do trabalho vai saber quais os pontos abordar na formulação dos tópicos dos slides.

4 - Treine na frente do espelho: 



Depois de estudar o trabalho, fazer o roteiro e os slides, agora é a vez do treinamento. Basicamente o treinamento servirá para que você possa se olhar e corrigir eventuais manias e excessos corporais, bem como, auxiliar na melhora de sua dicção e postura. Além desses benefícios, o mesmo permitirá que você possa cronometrar e controlar o tempo de sua apresentação (para que a mesma não passe do tempo e nem seja corrida demais).

5 - Descanse no dia Anterior: 



Antes do fatídico dia, aconselho você a descansar e se distrair (pelo menos serve à tentativa hein? Kkk). Agora, quando falo descansar ou se distrair é fazer coisas que você goste, mas, nada de bebidas alcoólicas, baladas, comidas muito pesadas e tal. À noite, antes de dormir (se conseguir...rs) leia mais uma vez o roteiro e os slides - tudo fica mais nítido na nossa cabeça depois de algumas horas de sono- e pronto, não faça mais nada. O que tinha pra ser feito já foi, agora é só manter o pensamento positivo que vai dar tudo certo.


E lembre-se, depois de tudo apresentado, (geralmente) ainda tem o período pra modificar algumas coisas no seu trabalho. Isso vai depender do que a banca decidir, caso achem necessário, eles podem pedir para você modificar ou acrescentar algo, não se preocupe, é quase certo que uma dessas coisas aconteça. 

E depois disso????? Comemore muitoooooooooooo!



Até a próxima!!!!

4 comentários :

  1. Ai nem me fale nisso.
    Falta dois anos ainda para o meu e eu já me desespero só de pensar.
    Adorei as dicas, acho que eu faria mil treinamentos na frente do espelho.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br
    Participe do Top Comentarista de Fevereiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiii Leticia!

      Pois é, pode ter certeza que o nevrosismo antes da apresentação vai ser grande, ou melhor, a ansiedade é o que nos domina antes de tudo. Mais quer um outro conselho, guarde isso com você, depois da apresentação você vai se perguntar: É só isso??? A gente faz um bicho de sete cabeças e nem é essas coisas. Mais se posso dar outra dica pra você é que decida o que você realmente quer falar (o assunto ou tema) com antecedência, não deixe pra última hora.

      Beijos menina e boa sorte.

      Excluir
  2. Oi Nathália, tudo bem?
    Me lembro de quando tive de apresentar minha mono. Nossa, fiquei tão nervosa, mas fiz todos esses passos. E no dia da minha apresentação, treinei umas 10 vezes, e antes dela (fui a última) Comi 5 pacotes de mentos de uma só vez. Mas na hora foi simplesmente perfeito e tirei 10. Acredito que quando conhecemos bem sobre nosso próprio trabalho, não tem como falhar.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  3. Oi Amanda, tudo bom???

    Concordo com você, quando sabemos nosso trabalho não tem como errar ou melhor os resultados tendem a ser os melhores.
    Por isso acho importante, fazer e estudar o trabalho depois de pronto.

    bju menina!

    ResponderExcluir

Uma das coisas que mais incentiva uma blogueira é saber o que estão pensando sobre o seu trabalho. Por isso seu comentário é IMPORTANTE. É com ele que vou saber se estou indo pelo caminho certo. Criticas positivas? são mais que aceitas. Criticas negativas? também, só peço que seja feita com respeito. Esse é um espaço para trocar ideias e espero ver você por aqui.